18:28 07 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Soldados das Forças de Defesa de Israel (IDF) em Hebron

    Sirenes de ataque aéreo tocam em Tel Aviv, após operação contra comandante islâmico (VÍDEO)

    CC BY 2.0 / Forças de Defesa de Israel (IDF) /
    Oriente Médio e África
    URL curta
    4115
    Nos siga no

    As sirenes de alerta aéreo tocaram pela segunda vez nesta terça-feira (12) nas regiões do sul de Tel Aviv, alertando os moradores do disparo de foguetes da Faixa de Gaza, informou o Exército israelense.

    O sistema antimíssil Iron Dome teria interceptado numerosos projéteis lançados contra o sul de Israel na manhã de hoje, terça-feira (12), logo após as Forças de Defesa de Israel (FDI) anunciarem que Baha Abu al Ata, comandante do movimento palestino Jihad Islâmica operando na Faixa de Gaza, foi morto em resultado de um ataque militar israelense em sua casa.

    "Estamos preparados para vários dias de combate, com um escudo de defesa aérea, inclusive no centro do país", informou o jornal The Times of Israel, citando um porta-voz das FDI.

    As forças israelenses compartilharam um vídeo dos múltiplos foguetes disparados pela Jihad Islâmica contra civis israelenses.

    O correspondente da Fox News, Tre Yingst, filmou um dos múltiplos foguetes disparados pela Jihad Islâmica entre civis em Gaza, contra civis israelenses, depois que realizamos um ataque de precisão contra um comandante da Jihad Islâmica. O terrorismo tem como alvo os civis. Nós temos como alvo o terror. Foguete de grande porte disparado da parte sul da cidade de Gaza agora mesmo

    Duas explosões poderosas foram ouvidas no céu acima da cidade. O sistema de alerta tinha sido ativado na cidade de manhã cedo pela primeira vez em vários meses.

    De acordo com a rádio estatal Kan, as aulas nas escolas nas cidades do sul e centro de Israel de Tel Aviv a Sderot foram canceladas devido aos ataques.

    Morte do líder militar palestino

    O porta-voz das FDI disse que o líder do movimento palestino foi alvejado porque tinha consigo uma "bomba-relógio" e supostamente estava planejando ataques "iminentes" em Israel. As forças israelenses também comunicaram que tinham conseguido atingir o local específico onde al Ata estava dormindo e, dessa forma, teriam sido capazes de evitar a destruição de todo o edifício.

    O premiê israelense Benjamin Netanyahu declarou que a decisão de eliminar al Ata fora tomada anteriormente pelo gabinete.

    "O comandante sênior da Jihad Islâmica Baha Abu al Ata foi alvejado durante a noite em Gaza. Ele foi responsável por muitos ataques terroristas e o disparo de foguetes contra Israel nos últimos meses e tinha a intenção de realizar ataques iminentes", escreveu Netanyahu no Twitter.

    O movimento Jihad Islâmica emitiu uma declaração na qual lamenta o falecimento do comandante Bahu Abu al Ata e promete vingar a sua morte.

    Mais:

    Foguetes lançados da Faixa de Gaza deixam palestinos feridos
    Força Aérea de Israel realiza ataques contra o Hamas na Faixa de Gaza
    Operação militar em Gaza pode irromper antes das eleições israelenses, diz Netanyahu
    Tags:
    Jihad Islâmica, ataques, Forças de Defesa de Israel (FDI), Faixa de Gaza
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar