05:21 18 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Capacetes Brancos na Síria, 5 de outubro de 2016 (foto de arquivo)

    Rússia alerta para possível provocação com armas químicas na Síria

    © AFP 2019 / Sameer Al-Doumy
    Oriente Médio e África
    URL curta
    510
    Nos siga no

    Organização Capacetes Brancos, em parceria com grupos terroristas, estaria preparando nova provocação com uso de armas químicas na Síria, informou a porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova.

    A porta-voz alerta que informações obtidas pelo governo russo apontam para a possibilidade de novas provocações na Síria:

    "Informações sobre a atividade dos Capacetes Brancos estão se confirmando cada vez mais [...] Pelos dados que obtivemos – os quais o governo da Síria compartilha regularmente com as Nações Unidas – os Capacetes Brancos, em parceria com terroristas, estão novas provocações com armas químicas na Síria. Seu objetivo é claro: minar o processo de paz nesse país", declarou Zarharova durante briefing.

    Anteriormente, a Casa Branca informou que o presidente dos EUA, Donald Trump, havia autorizado alocar US$ 4,5 milhões (cerca de R$ 17 milhões) para a organização Defesa Civil Síria, também conhecida como Capacetes Brancos.

    De acordo com a porta-voz, a Rússia lamenta a decisão norte-americana. Ela notou que a Rússia demonstrou publicamente a ligação entre os Capacetes Brancos e organizações terroristas, assim como a atuação do grupo em falsas ações humanitárias.

    Capacetes Brancos

    O grupo Capacetes Brancos, que goza de significativo apoio no Ocidente, tem o objetivo declarado de proteger a população civil em zonas de combate. O governo da síria acusa o grupo de ligações com organizações extremistas e de disseminar propaganda hostil.

    Uniformes dos Capacetes Brancos são encontrados durante busca na sede de terroristas em Ghouta Oriental.
    © Sputnik / Morad Saeed
    Uniformes dos Capacetes Brancos são encontrados durante busca na sede de terroristas em Ghouta Oriental.

    O Ministério da Defesa da Rússia considera os Capacetes Brancos como um elemento da campanha informacional contra o governo da Síria.

    A Rússia aponta ainda o grupo como responsável pela provocação que levou o Ocidente a acusar Damasco de usar armas químicas.

    Mais:

    'Arrogante e ilegal': Rússia denuncia presença de tropas dos EUA em poços petrolíferos na Síria
    Cerca de 900 militares dos EUA podem ficar na Síria após saída das tropas, informa jornal
    Tropas da Rússia e Turquia iniciam patrulhamento conjunto na Síria (FOTOS, VÍDEO)
    Tags:
    Casa Branca, Donald Trump, Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, Capacetes Brancos, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar