15:04 19 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Veículos militares turcos na cidade fronteiriça de Ceylanpinar, em 11 de Outubro de 2019

    Primeiro soldado turco morre durante operação na Síria, informou Ministério da Defesa

    © REUTERS / Murad Sezer
    Oriente Médio e África
    URL curta
    432
    Nos siga no

    Ministério da Defesa da Turquia informa sobre primeira baixa durante a operação na Síria. Com o objetivo de eliminar "terroristas" curdos, a operação já teria causado baixas entre a população civil.

    O Ministério da Defesa da Turquia informou em comunicado que sofreu a primeira baixa durante a Operação Fonte de Paz, iniciada pelo país nesta quarta-feira (9) na Síria, na região síria de Rojava, zona curda que goza de autonomia de facto.

    "Um companheiro morreu no dia 10 de outubro durante a Operação Fonte de Paz, durante confronto com terroristas do Partido dos Trabalhadores do Curdistão e contra as Forças de autodefesa curdo-sírias", declarou o ministro da Defesa Hulusi Akar em comunicado.

    Ainda segundo o Ministério da Defesa, 227 "terroristas do PKK e das Unidades de Proteção Popular (YPG)" teriam sido "neutralizados" até agora. Nesta quinta-feira (10), as Forças Armadas turcas comunicaram ter atingido pelo menos 181 alvos curdos e matado pelo menos 219 combatentes da região autônoma.

    Soldado turco posicionado na fronteira com a Síria em frente ao grafite do Mustafa Kemal Ataturk, fundador da da República da Turquia
    © AP Photo / Lefteris Pitarakis
    Soldado turco posicionado na fronteira com a Síria em frente ao grafite do Mustafa Kemal Ataturk, fundador da da República da Turquia

    A Operação, segundo relatos da mídia, já causou baixas entre a população civil.

    Operação Fonte de Paz

    O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan anunciou o início da Operação Fonte de Paz nesta quarta-feira (9). O objetivo da operação, de acordo com as autoridades turcas, é criar uma zona de segurança na fronteira com a Síria, eliminar "terroristas" e repatriar refugiados.

    O território em questão está localizado no norte da Síria e é uma zona autônoma de facto controlada pelos curdos. Até o início desta semana, os curdos recebiam apoio financeiro e material dos EUA. Ancara considera as forças curdas na Síria como aliadas do PKK, organização que milita em território turco pela criação de um Estado independente para os curdos.

    Mais:

    Curdos sírios esperam que Damasco dê apoio com sistema de mísseis contra Turquia
    Turquia volta a bombardear posições curdas na Síria (VÍDEO)
    Avião de vigilância da Turquia teria sido abatido sobre província síria de Hasakah
    Tags:
    curdos sírios, operação militar, Síria, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar