07:19 05 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    931
    Nos siga no

    O Conselho de Segurança da ONU não tem ideias para resolver o conflito que atinge atualmente a Líbia, conforme afirmou hoje o vice-representante russo junto às Nações Unidas, Vladimir Safronkov.

    "Toda a delegação está chocada e profundamente preocupada com o ataque, mas, além disso, há um impasse. Há um déficit de ideias sobre como sair dessa crise", disse Safronkov em conversa com jornalistas, comentando um atentado ocorrido na última madrugada em Trípoli, que deixou dezenas de mortos e feridos. 

    No início do dia, o Conselho de Segurança das Nações Unidas atendeu a um pedido da missão peruana para realizar uma reunião sobre o ataque aéreo contra um centro de detenção de migrantes na capital da Líbia, no qual pelo menos 44 pessoas foram mortas. Safronkov disse que, durante as consultas fechadas, os diplomatas pediram o fim da violência e o lançamento de um processo político, mas não apresentaram nenhum plano concreto para combater o conflito no país africano.

    A Missão de Estabilização da ONU na Líbia (UNSMIL) disse mais cedo que pelo menos 44 pessoas foram mortas e 130 gravemente feridas em consequência de um ataque aéreo, supostamente realizado por forças leais ao chefe do Exército Nacional Líbio (LNA), Khalifa Haftar, no centro de detenção de migrantes de Tajoura.

    Mais:

    Avião militar ataca aeroporto internacional da Líbia em Trípoli, dizem autoridades locais
    Piloto capturado na Líbia que disse ser português é norte-americano
    Forças de Haftar afirmam ter destruído drone da Turquia na Líbia
    Tags:
    Trípoli, atentado, ataque, crise, guerra, conflito, África, Líbia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar