05:44 14 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Drone norte-americano MQ-9 Reaper

    Chanceler do Irã afirma que outro drone dos EUA invadiu espaço aéreo do país (Foto)

    © AP Photo / Leslie Pratt
    Oriente Médio e África
    URL curta
    7363
    Nos siga no

    Na quinta-feira, 20 de junho, o Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica (IRGC) declarou ter derrubado um dos maiores drones estadunidenses, um RQ-4 Global Hawk, que teria invadido o espaço aéreo iraniano na província de Hormozgan.

    Javad Zarif, ministro iraniano das Relações Exteriores, publicou um mapa detalhado no seu Twitter que, segundo ele, mostra outro drone de reconhecimento dos EUA invadindo o espaço aéreo iraniano em 26 de maio.

    Ele também deu a entender no seu tweet que o Irã possui informações sobre a elaboração de esquemas para culpar a República Islâmica do Irã pelos ataques a petroleiros.

    Mais evidências – incluindo a invasão de um drone de espionagem MQ9 em 26.05, a compra de lanchas rápidas e chamadas telefônicas para atribuir os ataques ao Irã – tudo isso indica que a Equipe B estava apenas a instantes de pegar Donald Trump em uma armadilha de guerra. A prudência evitou que isso acontecesse, mas o terrorismo econômico provoca tensão.

    O mapa mostra como o drone MQ9 Reaper dos EUA entra no espaço aéreo iraniano na costa da cidade de Asaluyeh, na província de Bushehr.

    O veículo não tripulado teria recebido no total três avisos sobre a violação da fronteira do país. Depois de ter saído do espaço aéreo iraniano, o drone ainda circulou por algum tempo perto da fronteira do país, segundo indica o mapa.

    O ministro das Relações Exteriores atribuiu as ações descritas no seu tweet à "equipe B", o grupo de "falcões" da Administração Trump que, segundo Teerã, está tentando arrastar os EUA para a guerra contra o Irã.

    O Pentágono ainda não fez qualquer comentário acerca das revelações do ministro iraniano.

    Mais:

    Blefe militar? Plano do Pentágono de combater China com drones marítimos pode ser impraticável
    Relatório do Pentágono expõe doutrina nuclear norte-americana
    Tags:
    drone, tensões, EUA, Mohammed Javad Zarif, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar