01:14 22 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    O ministro das Relações Exteriores do Irã, Mohammad Javad Zarif, discursa durante a Conferência de Segurança de Teerã, em 8 de janeiro de 2018

    Chanceler iraniano diz que EUA fazem 'diplomacia de sabotagem'

    © AP Photo / Ebrahim Noroozi
    Oriente Médio e África
    URL curta
    310
    Nos siga no

    O chanceler iraniano, Mohammad Javad Zarif, afirmou nesta sexta-feira (14) que os Estados Unidos fazem acusações infundadas contra Irã pelos recentes episódios de explosões em petroleiros nas proximidades do Estreito de Hormuz.

    Zarif diz que Washington acusa Teerã de ter participado do episódio sem nenhuma evidência.

    "Que os EUA façam imediatamente acusações contra o Irã - sem um fragmento de evidência factual ou circunstancial - só deixa bem claro que o #Time_B está se mudando para um #PlanoB: diplomacia de sabotagem - incluindo o primeiro-ministro japonês Shinzo Abe - para encobrir seu terrorismo econômico contra o Irã", disse Zarif no Twitter.

    Time B é um termo que o chanceler iraniano costuma utilizar para se referir ao primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu, ao assessor de segurança nacional dos EUA, John Bolton, ao príncipe herdeiro de Abu Dhabi, Mohammed bin Zayed Al Nahyan, e ao príncipe herdeiro saudita Mohammad bin Salman.

    Dois navios petroleiros foram atingidos por explosões no Golfo de Omã na quinta-feira. Embora a causa das explosões ainda seja desconhecida, o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, afirmou que o Irã é responsável pelo episódio.

    Mais:

    EUA aplicam novas sanções a 2 indivíduos e uma empresa no Iraque por alegadas ligações ao Irã
    Trump afirma que Irã agora 'respeita os EUA' exatamente por causa da política dele
    Recado aos EUA: daremos 'resposta esmagadora' se formos atacados, alerta líder do Irã
    Irã salva 44 marinheiros de petroleiros atacados no golfo de Omã
    Khamenei: se o Irã quisesse armas nucleares, os EUA não poderiam fazer nada a respeito
    Tags:
    Mohammed Javad Zarif, Estados Unidos, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar