18:04 22 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Um artista pinta um mural gigante da ativista palestina Ahed Tamimi em parte da barreira de separação israelense, na Cisjordânia.

    Hamas critica declarações de embaixador dos EUA sobre 'direito de anexar' parte da Cisjordânia

    © AP Photo / Nasser Nasser
    Oriente Médio e África
    URL curta
    320

    O Hamas, que controla a Faixa de Gaza, disse neste domingo (9) que condena declarações recentes do embaixador dos EUA em Tel Aviv, David Friedman, sobre o direito de Israel de tomar parte da Cisjordânia.

    No sábado, Friedman disse ao jornal New York Times que Israel tinha o direito de anexar parcialmente a Cisjordânia "sob certas circunstâncias".

    "As declarações do embaixador dos Estados Unidos estão totalmente em linha com a visão de extrema direita de Israel[...] e refletem o desrespeito dos Estados Unidos com as nações árabes", afirmou o Hamas em comunicado.

    A declaração apontou que as alegações de Friedman "destacam o envolvimento dos EUA na opressão israelense e atacam a questão palestina".

    Enquanto isso, o secretário-geral da Organização de Libertação da Palestina, Saeb Erekat, também criticou as declarações do embaixador, chamando-o de "extremo embaixador dos colonos".

    O governo israelense se recusa a reconhecer a Palestina como uma entidade política e diplomática independente e continua a construir assentamentos em áreas ocupadas de seu território, apesar das objeções da Organização das Nações Unidas (ONU).

    A situação piorou em maio de 2018, depois que os Estados Unidos transferiram sua embaixada de Tel Aviv para Jerusalém e reconheceram a cidade sagrada como a capital israelense. Depois disso, a Palestina rejeitou os esforços de mediação unilateral de Washington no processo de paz com Israel.

    Mais:

    Banda islandesa pode ser punida por mostrar bandeira palestina durante Eurovisão em Israel
    'Acordo do século': plano dos EUA para resolver conflito israelo-palestino
    Hezbollah adverte para plano dos EUA que quer acabar com a causa palestina
    Acordo do século para quem? Palestina rejeita paz sugerida pelos EUA, diz diplomata
    Tags:
    EUA, Palestina, Hamas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar