07:49 31 Março 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    5111
    Nos siga no

    Segundo o presidente iraniano, Hassan Rouhani, o país estará pronto para lançar um novo satélite daqui a alguns meses.

    A declaração faz referência à última tentativa de colocar em órbita o satélite de produção nacional, entretanto, não conseguiu colocar o equipamento em órbita, já que ele não atingiu a velocidade necessária no terceiro estágio do lançamento.

    "Nós tivemos grande sucesso na construção e lançamento de satélites. Isso significa que nós estamos no caminho certo", afirmou o líder iraniano, que completou dizendo que "os problemas restantes são minoritários e resolveremos isso em poucos meses, então, em breve estaremos prontos para um novo lançamento".

    Entretanto, outras nações não estão satisfeitas com a determinação iraniana e estão alertando o país contra os três lançamentos planejados.

    Ressaltando que, em um comunicado conjunto, os EUA, o Reino Unido, a Alemanha e a França condenaram o lançamento, pois todos eles concordam que este violou a resolução do Conselho de Segurança da ONU, que, por sua vez, regula o programa nuclear iraniano.

    Com isso, tanto os EUA como a França já manifestaram insatisfação com o fato, alertando para a resolução da ONU e condenando o lançamento, por ele poder ser potencialmente utilizado com armas nucleares.

    Porém, os iranianos consideram o programa espacial um orgulho nacional e que tanto seus lançamentos de veículos espaciais quanto testes de mísseis não violam as resoluções do Conselho de Segurança da ONU, e por isso, continuarão com seus projetos.

    Mais:

    Lançamentos espaciais do Irã ameaçam Europa e Oriente Médio, diz Pompeo
    Irã cria novos tipos de enriquecimento de urânio
    Irã não respeitará 'sanções ilegais' dos EUA, diz ministro do Petróleo
    Tags:
    armas nucleares, espaço, satélite, foguete, ONU, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar