10:59 10 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Lançamento do satélite iraniano Payam, 15 de janeiro de 2019

    Lançamentos espaciais do Irã ameaçam Europa e Oriente Médio, diz Pompeo

    © AP Photo / IRINN
    Oriente Médio e África
    URL curta
    18531
    Nos siga no

    O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, declarou na terça-feira (15) que o Irã representa ameaça para o mundo, após Teerã ignorar as advertências de Washington e lançar um satélite.

    A tentativa do Irã de colocar em órbita um satélite de produção nacional por meio de um foguete de três estágios mostra que o Irã pode desenvolver mísseis capazes de atingir a Europa, declarou Pompeo.

    "Desafiando a comunidade internacional e a UNSCR 2231 [resolução da ONU], o regime iraniano lançou hoje um veículo ao espaço. O lançamento mostra, mais uma vez, que o Irã está a procurar reforçar as capacidades de mísseis, que ameaçam a Europa e o Oriente Médio", escreveu Pompeo na sua conta no Twiter.

    Em 15 de janeiro o Irã tentou colocar em órbita um satélite de produção nacional com um foguete de três estágios, mas o foguete não foi capaz de atingir a velocidade necessária no terceiro estágio, disse o ministro das Telecomunicações, Mohammad-Javad Azari Jahromi.

    No início de janeiro, Pompeo advertiu que o Irã enfrentaria consequências econômicas e diplomáticas se realizasse os três lançamentos espaciais planejados nos meses seguintes.

    O Irã está proibido de realizar quaisquer atividades relacionadas aos mísseis balísticos no âmbito do Plano de Ação Conjunto Global (JCPOA), também conhecido como acordo nuclear com o Irã. A Resolução 2231 do Conselho de Segurança da ONU também veda ao Irã todas as atividades relacionadas ao programa de mísseis.

    Por sua parte, o chanceler iraniano Mohammed Javad Zarif destacou que os lançamentos de foguetes portadores de satélites do Irã não violam a Resolução 2231 do Conselho de Segurança da ONU.

    Mais:

    EUA: Irã prepara lançamento de foguete de seu centro espacial
    Irã encontra novos potenciais compradores de petróleo mesmo com sanções dos EUA
    Tags:
    espaço, mísseis, Mike Pompeo, Irã, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar