05:25 11 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Mísseis iranianos exibidos durante uma parada por ocasião do Dia Nacional do Exército (foto de arquivo)

    Irã garante que seus mísseis podem alcançar bases e navios americanos no Oriente Médio

    © AP Photo / Ebrahim Noroozi
    Oriente Médio e África
    URL curta
    5192

    Um comandante iraniano do Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica disse na quarta-feira (21), que as bases dos EUA no Afeganistão, Emirados Árabes Unidos e Qatar, bem como porta-aviões americanos no Golfo Pérsico, estão no raio de alcance dos mísseis iranianos, informou a agência Reuters, citando a mídia local.

    "Eles estão dentro do nosso alcance e podemos atacá-los se eles [norte-americanos] avançarem", afirmou Amir Ali Hajizadeh, chefe da divisão aeroespacial do Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica, citado pela Reuters

    Hajizadeh sublinhou que Teerã melhorou a precisão de seus mísseis, detalhando que agora são capazes de atingir a base aérea americana Al-Udeid, no Qatar, assim como a base Al Dhafra nos Emirados Árabes Unidos e a Kandahar, no Afeganistão, que abriga forças estadunidenses.

    Segundo as informações, os mísseis iranianos possuem atualmente a capacidade de atingir alvos a mais de 500 quilômetros de distância, com uma precisão de até 30 metros.

    A afirmação do comandante surge em meio ao aumento das tensões ente Washington e Teerã.

    Em maio, o presidente americano Donald Trump anunciou a saída dos EUA do acordo nuclear iraniano e voltou a introduzir sanções contra o Irã, afetando principalmente suas exportações de petróleo.

    No entanto, na semana passada, o chanceler iraniano, Mohammad Javad Zarif, disse que as sanções estadunidenses não terão efeito dramático sobre a exportação de petróleo iraniano apesar de Washington ter prometido reduzi-las a zero.

    No início de julho, a Guarda Revolucionária do Irã afirmou estar pronta a interromper fornecimentos de outros países através do estreito de Ormuz caso as exportações do Irã fossem frustradas.

    Mais:

    EUA não conseguiram impedir exportações de petróleo, garante presidente do Irã
    Poder naval: Irã manterá sua presença em alto-mar, diz comandante militar
    Tags:
    petróleo, sanções, porta-aviões, bases, alcance, mísseis, Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica, Mohammad Javad Zarif, Amir Ali Hajizadeh, Afeganistão, Emirados Árabes Unidos, Qatar, EUA, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik