Irã aposta em metais preciosos para enfrentar sanções americanas

© AFP 2022 / Paul J. RichardsBarras de ouro
Barras de ouro - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Companhia de Produção e Fornecimento de Minerais do Irã (IMPASCO, na sigla em inglês) firmou um memorando de entendimento com um grupo industrial e uma empresa privada local para desenvolver seis minas de ouro e cobre de pequeno porte ao longo do país, relatou a mídia local.

De acordo com a mídia, as novas minas serão desenvolvidas no âmbito de um programa de revitalização, ativação e desenvolvimento de minas de pequena escala.

Além de impulsionar a produção dos minérios e seu processamento, o programa governamental iraniano visa aumentar a empregabilidade, criar valor agregado e "alcançar os objetivos de uma economia resistente".

Presidente russo Vladimir Putin segurando uma barra de ouro enquanto visitava o Depositário Central do Banco da Rússia, em 24 de janeiro de 2011 - Sputnik Brasil
Rússia aumenta sua produção de ouro, diz agência estatal
No início de novembro, os EUA introduziram o segundo pacote de sanções contra o Irã, afetando inclusive o setor financeiro e petrolífero.

O Irã está entre os 15 países mais ricos do mundo em minério com suas reservas totais de ouro sendo estimadas em aproximadamente 340 toneladas métricas. Segundo informações do Conselho Mundial do Ouro (WGC), no segundo trimestre de 2018 a demanda pelas barras e moedas de ouro no Irã subiu cerca de 200%, alcançando 15,2 toneladas — o nível mais alto nos últimos quatro anos.

A medida foi explicada como reação ao primeiro pacote de sanções americanas que atingiram o comércio de metais e o setor automobilístico iraniano.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала