16:57 25 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    380
    Nos siga no

    O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, classificou a cúpula sobre Síria em Istambul de produtiva e disse que esta reunião irá ampliar o formato de discussões em Astana.

    O presidente ressaltou que durante o encontro foi confirmado o acordo russo-turco sobre a situação em Idlib.

    "Com a chegada da França e da Alemanha conseguimos avaliar as formas de melhorar a cooperação no formato de Astana", disse o chefe de Estado.

    Erdogan disse que os quatro países defendem a integridade territorial da Síria, bem como sua unidade política, e não consideram possível uma solução militar para o conflito.

    "Confirmamos os nossos acordos sobre Idlib, que evitarão uma crise humanitária. Informaremos o Irã [dos resultado] e continuaremos a cooperar para a resolução do conflito sírio", acrescentou o presidente.

    Erdogan destacou ter concordado com os seus três colegas sobre a necessidade de criar, antes do final do ano, a comissão constitucional na Síria, que deve começar a trabalhar em 2019.

    Istambul sediou neste 27 de outubro uma reunião de cúpula da Rússia, Turquia, Alemanha e França, que discutiu medidas para acelerar a solução política para a crise na Síria, reforçar a segurança do país árabe e criar condições para o regresso dos refugiados sírios para seu país de origem.

    Mais:

    Merkel: UE pode decidir conjuntamente congelar venda de armas para a Arábia Saudita
    Enviado da ONU: cúpula sobre Síria em Istambul foi útil e produtiva
    Alemanha: 'Zona de desescalada em Idlib da Síria é o primeiro passo para o cessar-fogo'
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar