09:41 12 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Militar estadunidense vigia área em veículo blindado na Síria

    Pentágono diz estar pronto para agir se Trump decidir atacar Síria

    © AP Photo / APTV
    Oriente Médio e África
    URL curta
    181330

    Apesar do deslocamento de suas forças no Oriente Médio, o Pentágono nega estar preparando qualquer ataque contra a Síria.

    O Departamento de Defesa dos Estados Unidos afirmou estar pronto para agir se o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, decidir responder ao suposto uso de armas químicas por parte do governo sírio, disse o porta-voz do Pentágono, Eric Pahon.

    Ao mesmo tempo, a entidade negou estar aumentando o número de seus destróieres no Oriente Médio para atacar as forças do governo sírio.

    "Como é sabido, nós não informamos sobre nossas futuras ações militares ou como vamos reagir a ataques químicos do [presidente sírio, Bashar] Assad", acrescentou o alto responsável.

    Este 27 de agosto, o Ministério da Defesa russo declarou que Washington está aumentando o número de portadores de mísseis de cruzeiro no Oriente Médio para atacar as forças governamentais sírias, após uma planejada encenação com alegado uso de armas químicas na província de Idlib.

    Moscou acredita que o destróier norte-americano equipado com 28 mísseis Tomahawk que recentemente entrou nas águas do mar Mediterrâneo pode atacar qualquer parte da Síria.

    Mais:

    Trump e Merkel fazem apelo por prevenção da crise humanitária na cidade síria de Idlib
    Síria nunca usou e nem usará armas químicas, garante embaixador sírio na Rússia
    Estados Unidos teriam avisado lado russo de possível novo ataque contra Síria
    Tags:
    alerta de combate, destróieres, presença militar, armas químicas, ataque aéreo, Pentágono, Eric Pahon, Donald Trump, Oriente Médio, EUA, Idlib, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik