00:50 19 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Clérigo iraniano Ahmad Khatami proferindo um sermão durante uma cerimônia religiosa em Teerã, junho de 2018

    Se atacarem Irã, EUA e seus aliados na região serão atingidos, avisa clérigo iraniano

    © AP Photo / Ebrahim Noroozi
    Oriente Médio e África
    URL curta
    9231

    O influente clérigo iraniano Ahmad Khatami declarou que a proposta do presidente americano Donald Trump de negociações diretas com Teerã é inaceitável e avisou Washington sobre as consequências de um possível ataque contra o Irã, de acordo com a agência Mizan News.

    "Os americanos dizem: 'vocês devem aceitar o que dizemos durante as negociações.' Mas isso não são negociações, e, sim, ditadura. A República Islâmica e a nação iraniana vão se opor à ditadura", afirmou Khatami, citado pela agência.

    O clérigo iraniano também avisou aos EUA que, se atacarem o Irã, os próprios Estados Unidos e o seu aliado Israel serão atingidos.

    "O preço de uma guerra com o Irã é muito alto para [Estados Unidos da] América. Eles sabem que, se prejudicarem este país e este Estado de alguma maneira, os Estados Unidos e o seu principal aliado na região, o regime sionista [de Israel], serão atingidos", afirmou Khatami.

    Khatami não especificou que forças seriam utilizadas, mas antes o Irã disse que, se fosse ameaçado, poderia atacar cidades israelenses com seus mísseis.

    Mais cedo, o líder estadunidense Donald Trump afirmou que qualquer país que tenha negócios com o Irã não poderá negociar com os EUA, referindo-se às sanções contra Teerã reintroduzidas neste mês.

    Em resposta, o presidente iraniano, Hassan Rouhani, acusou os EUA de usarem "guerra psicológica" visando "semear a divisão entre os iranianos".

    Washington pretende aplicar uma nova rodada de sanções contra Teerã, tendo como alvo seu setor petrolífero e de gás como parte da saída dos EUA do acordo nuclear iraniano, anunciada em maio por Trump.

    Mais:

    Facebook anuncia remoção de 652 contas de conteúdo político ligadas à Rússia e Irã
    China pode colher frutos das sanções americanas contra Irã
    Tags:
    Ahmad Khatami, Irã, Israel, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar