02:22 14 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Trump e Macron na Casa Branca.

    Trump informa a Macron que EUA vão abandonar acordo nuclear com Irã

    © REUTERS / Kevin Lamarque
    Oriente Médio e África
    URL curta
    14413

    O presidente dos EUA, Donald Trump, informou ao seu colega francês, Emmanuel Macron, que os EUA decidiram sair do acordo nuclear com Irã.

    "O presidente Trump disse ao presidente francês, Emmanuel Macron, na terça-feira de manhã, que ele pretende declarar a saída dos EUA do acordo nuclear com o Irã", teria dito uma fonte citada pelo New York Times.

    Além disso, de acordo com a fonte que foi informada sobre a conversa entre os líderes, foi relatado que os "EUA estão se preparando para restaurar todas as sanções que foram suspensas com o acordo nuclear e introduzir penalidades econômicas adicionais".

    No entanto, o gabinete de Emmanuel Macron disse à Reuters que Donald Trump não deu ao líder francês nenhuma indicação sobre seus planos para o acordo nuclear com o Irã. Já um um alto funcionário da Casa Branca disse que Trump não declarou "essas coisas" ao seu homólogo francês.

    O Irã e o "sexteto" de mediadores internacionais (China, EUA, França, Reino Unido, Rússia e Alemanha) assinaram, em julho de 2015, o Plano de Ação Conjunto Global, que estabelece restrições ao programa nuclear iraniano em troca do levantamento das sanções internacionais.

    O acordo proíbe que Irã acumule mais de 300 quilos de urânio enriquecido em 3,67 por cento por 15 anos e obriga a enviar o excedente desse material para outros países, em particular a Rússia. O presidente norte-americano, Donald Trump, repetidamente classificou o acordo nuclear como "horrível". Em janeiro, Trump já havia indicado que não iria ratificar o acordo.

    O vice-ministro das Relações Exteriores do Irã, Abbas Araghchi, por sua vez, afirmou que Teerã reagirá à decisão do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre o acordo nuclear baseado em seus próprios interesses nacionais.

    Mais:

    Irã diz que 'haverá graves consequências' caso EUA quebrem acordo nuclear
    Al-Qaeda é mais rica que o Daesh, mas EUA veem mais perigo no Irã, diz oficial russo
    Irã promete bater de frente com Trump caso EUA rompam acordo nuclear
    Irã se diz preparado para fim do acordo nuclear com os EUA
    Tags:
    acordo nuclear, programa nuclear, Emmanuel Macron, Donald Trump, Irã, EUA, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik