22:12 13 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Menino sírio anda de bicicleta na cidade velha de Homs, Síria, 26 de fevereiro de 2016

    Irã promete responder ao ataque de Israel contra base síria

    © AP Photo / Hassan Ammar
    Oriente Médio e África
    URL curta
    Ataque à base aérea síria (17)
    20567

    O conselheiro sênior do líder supremo iraniano aiatolá Ali Khamenei avisou que o ataque com mísseis contra a base aérea síria T-4 "não ficará sem resposta", comunicou o canal de TV libanês Al-Mayadeen.

    O conselheiro do líder supremo iraniano, Ali Akbar Velayati, descreveu o ataque contra a base síria como um "crime de Israel", acrescentando que este "não ficará sem resposta".

    A afirmação foi feita no âmbito da visita do conselheiro à capital síria, Damasco, comunicou o canal de TV libanês Al-Mayadeen, citado pelo jornal The New York Times.

    O ministro das Relações Exteriores do Irã condenou o ataque israelense, tendo a agência iraniana informado que no ataque contra a base aérea síria morreram quatro cidadãos iranianos.

    Em resposta ao ataque, a chancelaria da Síria enviou uma carta ao secretário-geral da ONU, afirmando que o país tem o direito de "defender seu território, população e soberania por qualquer meio de acordo com a Carta das Nações Unidas e o direito internacional".

    Na segunda-feira (9), a mídia síria informou que a base aérea T-4, localizada na província síria de Homs, foi alvo de um ataque de mísseis.

    No mesmo dia, o Ministério da Defesa da Rússia declarou que o ataque foi realizado por dois caças israelenses F-15 com oito mísseis. Segundo o ministério russo, cinco dos oito mísseis foram abatidos pelo sistema de defesa antimíssil sírio.

    Tema:
    Ataque à base aérea síria (17)
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik