21:40 21 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    As forças dos EUA na sede da Unidade de Proteção do Povo Curdo (YPG) perto de Malikiya, na Síria, em 25 de abril de 2017.

    Damasco: não recebemos informações oficiais sobre retirada das tropas dos EUA da Síria

    © REUTERS / Rodi Said
    Oriente Médio e África
    URL curta
    330

    Na semana passada, o presidente norte-americano, Donald Trump, anunciou que os EUA abandonarão a Síria "muito em breve" para que outros países "tomem conta [da situação no país]", contudo, o Departamento de Defesa dos EUA ainda não confirmou os planos de retirada.

    O representante permanente da Síria na ONU, Bashar Jaafari, ao comentar as declarações do presidente dos EUA sobre a retirada das tropas norte-americanas do país, afirmou que Damasco ainda não recebeu nenhuma informação oficial sobre o assunto.

    "Ainda não recebemos nenhuma informação oficial", afirmou Jaafari em entrevista a jornalistas durante conversas nos corredores da Conferência Ministerial do Movimento Não Alinhado que está decorrendo na capital do Azerbaijão, Baku.

    Os EUA e uma coalizão de países aliados vêm realizando operações militares na Síria e no Iraque contra os combatentes do Daesh (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países). Os ataques da coalizão no Iraque são realizados em cooperação com as autoridades iraquianas, enquanto os [ataques] na Síria não foram autorizados pelo governo do presidente Bashar Assad. Dados não oficiais apontam que, no momento atual, na Síria estão combatendo até 2 mil oficiais norte-americanos.

    Na semana passada, o presidente estadunidense, Donald Trump, afirmou inesperadamente que as tropas norte-americanas abandonarão a Síria em breve, contudo, suas declarações não foram confirmadas por sua administração. Na terça-feira (3), o presidente reafirmou sua postura, ao acrescentar que vai falar sobre essa decisão com aliados e com países da região.

    Enquanto isso, o representante do Pentágono, tenente-general Kenneth McKenzie, assegurou que "nada mudou" na política dos EUA sobre a Síria e que não há período definido para saída dos militares estadunidenses do país.

    Mais:

    Putin: terroristas do Daesh na Síria foram completamente derrotados
    EUA criam nova base militar na Síria depois de anunciar sua saída do país (VÍDEO)
    Militares norte-americanos deixarão mesmo Síria?
    Tags:
    retirada, tropas, Donald Trump, Síria, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik