05:51 20 Abril 2018
Ouvir Rádio
    O presidente dos EUA, Donald Trump, durante seu discurso na XXV Cúpula da APEC realizada na cidade de Danang (Vietnã) em 10 de novembro de 2017

    Trump promete retirada da Síria em breve para deixar 'os outros tomarem conta'

    © AP Photo / Mark Schiefelbein
    Oriente Médio e África
    URL curta
    26262

    O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou nesta quinta-feira que os EUA pretendem retirar as forças da Síria "muito em breve" e "deixar outros cuidarem disso".

    "Nós estaremos saindo da Síria, muito em breve. Deixe as outras pessoas cuidarem disso", disse Trump durante um discurso em Ohio.

    Segundo o Pentágono, cerca de 2 mil soldados norte-americanos estão na Síria.

    "Estamos acabando com o ISIS (Daesh). Vamos sair da Síria, muito em breve. Deixe as outras pessoas cuidarem disso agora. Muito em breve, muito em breve, sairemos. Vamos controlar 100 por cento do califado, como eles o chamam, e às vezes se referem à terra. Estamos tomando tudo de volta — rapidamente, rapidamente", disse Trump para uma multidão que aplaudiu o discurso de modo efusivo.

    O presidente norte-americano não deixou claro o que pretendia afirmar ao falar em retomar a terra. Os governos Damasco e Moscou têm constantemente classificado a presença militar dos EUA na Síria de "ilegal".

    Por outro lado, quando nesta quinta-feira os jornalistas perguntaram à porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, Heather Nauert, se ela estaria a par de uma determinação política para a redução da presença militar norte-americana na Síria, a oficial respondeu não saber de nada.

    "Não estou sabendo", disse a alta funcionária.

    Mais:

    Rússia impediu confrontos com coalizão na Síria, diz secretário de Defesa dos EUA
    Ministério da Defesa russo: EUA impedem Damasco de recuperar territórios no leste da Síria
    Irã manda aviso para os EUA: não tomem decisões 'tolas' na Síria
    Ancara: Turquia e EUA criarão 'zona de segurança' ao redor de Manbij, na Síria
    Rússia: EUA devem parar de contribuir para escalada da violência na Síria
    Para que EUA estariam preparando ataque contra Síria?
    Tags:
    Donald Trump, Síria, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik