05:17 24 Novembro 2017
Ouvir Rádio
    Um soldado turco no veículo militar blindado patrulha a beira entre a Turquia e a Síria, perto da vila de Besarslan do sudeste, na província de Hatay, Turquia, 1 de novembro de 2016

    Erdogan: Turquia propõe à Rússia plano de ação conjunto sobre cidade síria de Afrin

    © REUTERS/ Umit Bektas
    Oriente Médio e África
    URL curta
    5242491

    O presidente turco Recep Tayyip Erdogan declarou na segunda-feira (13) que a Turquia propôs à Rússia um plano de ação conjunto sobre a cidade síria de Afrin.

    Erdogan chegou à Rússia na manhã de segunda-feira. O presidente turco terá conversações com o líder da Rússia Vladimir Putin durante a sua visita à cidade russa de Sochi. Espera-se que Putin e Erdogan troquem opiniões sobre a situação atual na região e outras questões internacionais, incluindo a luta conjunta contra o terrorismo e a regulação da crise síria.

    "Recuperamos o controle sobre a nossa fronteira [perto de Idlib síria], Afrin também é uma província que faz fronteira conosco [Turquia]. Não podemos ignorar a ameaça proveniente de Afrin e estamos determinados a tomar as medidas necessárias. Mantivemos conversações com a Rússia sobre as ações conjuntas ali. A sua [da Rússia] atitude positiva quanto aos nossos planos dá-nos novas oportunidades", explicou Erdogan no seu discurso durante a coletiva de imprensa.

    Afrin faz parte do Curdistão sírio, conhecido como Rojava. Em outubro, a mídia informou sobre o posicionamento de equipamento militar e tropas turcos nas províncias que fazem fronteira com Afrin.

    A Turquia quer uma implementação rápida do acordo sobre sistemas de defesa antiaérea russos S-400, afirmou Erdogan.

    "Chegamos a um acordo com a Rússia sobre [fornecimentos de] S-400, os documentos estão assinados. Há alguns detalhes técnicos. Vamos discuti-los no âmbito da minha visita com a participação dos nossos especialistas e também com o Ministério da Defesa. Queremos tomar medidas para implementar este acordo logo que possível", declarou o presidente turco.

    Em setembro, Moscou e Ancara chegaram a acordo sobre o fornecimento de sistemas de defesa antiaérea russos S-400 à Turquia. Em 29 de Setembro, o assessor presidencial russo, Vladimir Kozhin, confirmou que a Turquia havia realizado um pagamento inicial, acrescentando que a entrega dos sistemas está prevista para 2019.

    Mais:

    Erdogan ratifica acordo militar entre a Turquia e o Azerbaijão
    Turquia quer ajudar Iraque a combater curdos em Kirkuk
    EUA reconhecem tensão nas relações bilaterais com a Turquia
    Tags:
    S-400, Vladimir Putin, Recep Tayyip Erdogan, Síria, Rússia, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik