09:10 24 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    O presidente sírio Bashar Assad durante um discurso em frente dos diplomatas, em 20 de agosto de 2017

    Assad anuncia 'fracasso do plano ocidental' na Síria e agradece à Rússia

    © AP Photo/ Página do Facebook da Presidência da Síria
    Oriente Médio e África
    URL curta
    1136689702

    O presidente sírio Bashar Assad afirmou que o "projeto do Ocidente" em relação a seu país fracassou e agradeceu à Rússia e ao Irã pelo apoio no combate contra os terroristas.

    Assad fez um discurso no congresso de diplomatas em Damasco que foi transmitido ao vivo pela televisão nacional síria.

    "Pagamos um alto preço nesta guerra, mas em troca do fracasso do projeto ocidental na Síria e no mundo", assegurou o líder do país.

    De acordo com Assad, o projeto consistiu em manipular a Síria através da chegada ao poder da organização islâmica radical Irmandade Muçulmana.

    O presidente frisou, contudo, que "a batalha continua" e agradeceu à Rússia, ao Irã e ao grupo libanês Hezbollah pela assistência na luta contra o terrorismo.

    "A Rússia nunca parou de apoiar o exército sírio com tudo o necessário para realizar a missão de combate ao terrorismo, e depois passou a enviar a Força Aeroespacial para participar do combate diretamente, sacrificando vidas na terra síria", confessou.

    O conflito armado na Síria se arrasta desde março de 2011. Pelos dados da ONU, a guerra já levou a vida a mais de 220 mil pessoas.

    Mais:

    Fim do programa anti-Assad? Agora tudo depende de Trump
    Opinião: 'Fim do programa da CIA para derrubar Assad pode abrir caminho para paz na Síria'
    França não insiste mais na saída de Assad; prioridade é luta contra terrorismo
    Tags:
    radicais islâmicos, guerra, Exército Árabe Sírio, Força Aeroespacial da Rússia, Bashar Assad, Rússia, Irã, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik