12:10 12 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Combatentes das Forças Democráticas da Síria (FDS) posando com um avião destruído no aeroporto militar de Tabqa após o terem reconquistado ao Daesh, em 9 de abril de 2017

    Curdos vão ceder base aérea na Síria para EUA

    © REUTERS/ Rodi Said
    Oriente Médio e África
    URL curta
    35330

    Os EUA obterão acesso à base de Tabqa da Força Aérea da Síria, que está localizada a 60 km a oeste de Raqqa, informaram fontes do jornal russo Izvestia nas Forças Democráticas da Síria (FDS), que são formadas principalmente por curdos.

    O acordo sobre o uso da base aérea de Tabqa foi concluído durante as conversações entre militares americanos e representantes das FDS. "Os americanos vão instalar seus aviões lá", disse um dos interlocutores citado pelo Izvestia.

    Uma fonte do jornal no Ministério da Defesa da Rússia afirmou que a base está em funcionamento e que atualmente não alberga militares dos EUA.

    No entanto, os representantes do Comando Central das Forças Armadas dos EUA, cujo raio de atuação inclui a Síria, afirmam que "por razões de confidencialidade não se pode falar sobre a localização das forças de vanguarda".

    Fontes do jornal Izvestia no Parlamento sírio explicaram por sua vez que o aumento da presença de forças norte-americanas no país pode significar preparativos para uma operação para acabar com o governo sírio.

    Representantes do Conselho da Federação (câmara alta do Parlamento da Rússia), entrevistados pelo Izvestia, dizem que tais ações devem ser inicialmente aprovadas pelo governo da Síria.

    Até março de 2017, a base de Tabqa estava sob controle do Daesh (organização terrorista proibida na Rússia e muitos outros países). As FDS conseguiram expulsar os terroristas do local durante uma operação para libertar a cidade de Tabqa.

    De acordo com testemunhas entrevistadas por Izvestia, o Exército dos EUA está restaurando o aeródromo e helicópteros norte-americanos já aterrissaram na base.

    Mais:

    Exército sírio segue na ofensiva: 20 militantes do Daesh são eliminados em Deir ez-Zor
    'Daesh matou 80 anciãs porque não serviam como escravas sexuais'
    Mídia revela quem pode ser próximo líder do Daesh
    Tags:
    terroristas, Forças Democráticas da Síria, Daesh, EUA, Rússia, Síria, Tabqa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik