15:39 27 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    231
    Nos siga no

    Vários funcionários da missão da Organização das Nações Unidas na Líbia foram feitos de reféns por terroristas no oeste da Líbia nesta quarta-feira, 28, segundo informou a mídia local.

    De acordo com testemunhas, os militantes seriam ligados à Al-Qaeda, liderados por Shaaban Hidaa, também conhecido como Abu Ubaida al-Zawi. Após muita tensão, o incidente, ocorrido em Zauia, cidade portuária situada na estrada que liga Trípoli à Tunísia, acabou com a libertação de todos os reféns.

    A cidade de Zauia é dominada por diversos grupos extremistas que não reconhecem a autoridade do governo líbio. 

    A Líbia se encontra em estado de guerra desde a derrubada do líder Muammar Kadhafi, em 2011. O país passa por um processo de reconstrução, acompanhado de perto pela ONU, marcado por disputas entre diversos grupos políticos, incluindo jihadistas.

    Mais:

    Irmão do terrorista de Manchester planejava atacar missão de ONU na Líbia
    Processo contra Hillary sobre ataque a diplomatas na Líbia é arquivado
    Egito lança ataques aéreos contra 'campos terroristas' na Líbia
    Ataque contra base aérea na Líbia mata 140 pessoas
    Tags:
    Abu Ubaida al-Zawi, Shaaban Hidaa, Muammar Kadhafi, Zauia, Tunísia, Trípoli, Líbia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar