08:42 22 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Mahmoud Ahmadinejad, que naquele momento era presidente do Irã, antes da inauguração do presidente venezuelano Nicolás Maduro, Caracas, Venezuela, abril de 2013

    Ex-presidente iraniano quer ocupar o cargo mais uma vez

    © AFP 2017/ LEO RAMIREZ
    Oriente Médio e África
    URL curta
    211150223

    O ex-presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, oficializou na quarta-feira (12) sua candidatura à presidência e as eleições serão realizadas em maio deste ano, informa a agência iraniana ISNA.

    O ex-presidente, Mahmoud Ahmadinejad, disse em setembro de 2016 que não planejava se candidatar. Ele informou sobre sua decisão em uma carta ao líder supremo do país, Ali Khamenei, em resposta à recomendação de não participar das presidenciais.

    Aiatolá Ali Khamenei, líder supremo do Irã (arquivo)
    © AP Photo/ Office of the Iranian Supreme Leader
    Leal ao líder supremo, Ahmadinejad foi o primeiro presidente não clérigo em 24 anos, embora seja considerado ultraconservador e profundamente religioso. Ahmadinejad é famoso por suas afirmações polêmicas sobre o Holocausto e ataques ao governo norte-americano.

    O cadastramento se iniciou em 11 de abril e durará por cinco dias. Segundo a agência, no primeiro dia, 126 pessoas oficializaram suas candidaturas. As presidenciais estão agendadas para 19 de maio de 2017.

    O candidato que receber mais de 50% dos votos será o presidente do Irã. Caso nenhum dos interessados atinja a porcentagem prevista, será realizado segundo turno entre os dois candidatos mais votados.

    Mais:

    Passo valente: ex-presidente do Irã critica política de Trump em carta que lhe enviou
    Irã retalia as sanções dos EUA e adota restrições contra Washington
    Líder supremo do Irã: 'Reino Unido é uma fonte de mal e miséria'
    Tags:
    eleições presidenciais, Mahmoud Ahmadinejad, Aiatolá Ali Khamenei, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik