04:17 06 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    143
    Nos siga no

    O presidente egípcio, Abdel Fattah al-Sisi, e o rei da Arábia Saudita, Salman bin Abdulaziz Al Saud, realizaram uma reunião não prevista na quarta-feira, durante a cúpula da Liga Árabe na Jordânia. É mais um passo à diminuição das tensões nas relações bilaterais.

    Ambos os líderes deixaram a câmara de debate do fórum após o discurso do presidente egípcio, informou a mídia.

    A reunião de 30 minutos, segundo notícias, foi intermediada pelo Rei Abdullah II da Jordânia e não foi incluída no cronograma da cúpula. Os detalhes da conversa dos líderes permanecem desconhecidos.

    As relações entre a Arábia Saudita e o Egito se deterioraram devido às diferenças entre os países quanto ao conflito sírio. Porém, passos para reaproximação foram observados de ambos os lados desde que a companhia de petróleo saudita Aramco decidiu retomar os suprimentos de combustível para o Egito, o que estava suspenso desde outubro.

    A Liga Árabe é uma organização regional que compreende 21 estados, bem como a Organização para a Libertação da Palestina (OLP). A Síria não está representada na cúpula, que começou na quarta-feira na Jordânia, por causa da guerra civil no país.

    Mais:

    Por que Arábia Saudita quer se juntar à luta contra Daesh na Síria e Iraque?
    Arábia Saudita tenciona armar oposição síria
    Damasco responsabiliza Arábia Saudita e Jordânia por escalada do terrorismo na Síria
    Egito e Turquia entraram na coalizão antiterrorista organizada por Arábia Saudita
    Tags:
    Saudi Aramco, OLP, Liga Árabe, Organização para a Libertação da Palestina, Salman bin Abdulaziz Al Saud, Abdullah II, Abdel Fattah al-Sisi, Egito, Síria, Arábia Saudita, Jordânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar