04:15 08 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    592
    Nos siga no

    O primeiro-ministro iraquiano Haider al-Abadi, disse neste domingo (26) que o exército do país expulsará em poucas semanas o grupo jihadista Daesh (autoproclamado Estado Islâmico) do seu território.

    "No Iraque a derrota do Daesh é inevitável, vamos acabar com eles (…) nas próximas semanas", disse al-Abadi em entrevista à Fox News.

    O premiê disse ainda que Bagdá precisa da ajuda dos EUA no que diz respeito a logística, inteligência e treinamento militar, e que quando os jihadistas forem derrotados, o Iraque precisará de menos militares norte-americanos.

    Desde outubro de 2016, o exército iraquiano, apoiado pela Força Aérea Nacional e pela coalizão aérea internacional liderada pelos EUA, realiza uma operação para libertar a cidade de Mossul, que caiu em junho 2014 sob o controle do Daesh.

    No final de janeiro deste ano, as forças do governo iraquiano libertaram o leste da cidade, e em meados de fevereiro, foi anunciado o início da operação para liberar a parte ocidental de Mossul.


    Mais:

    Iraque suspende operação de Mossul devido ao grande número de vítimas entre civis
    Rússia solicita consultas sobre situação em Mossul
    Após libertação de Mossul, Iraque conseguirá estabilidade?
    Tags:
    expulsão, derrota, vitória, Estado Islâmico, Daesh, Haider al-Abadi, EUA, Mossul, Iraque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar