23:14 11 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    351
    Nos siga no

    O presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, discutiram por telefone o acordo de cessar-fogo na Síria e os preparativos das negociações em Astana, informou a assessoria de imprensa do Kremlin.

    Mais cedo o presidente da Rússia, Vladimir Putin, informou a celebração de acordos de cessar-fogo na Síria, que abrem o caminho para iniciar o processo político e de paz. Foram assinados três documentos: um entre o governo sírio e a oposição armada, referente ao cessar-fogo em território da Síria; um segundo, referente às medidas de controle do regime de cessar-fogo; e um terceiro, que manifesta a prontidão para o início das negociações políticas para normalização da situação na Síria.

    "Foi manifestada a satisfação pela celebração dos acordos entre o governo sírio e a assim denominada oposição moderada sobre a suspensão dos combates em todo o território da Síria e sobre o início da normalização política, realizada por intermédio da Rússia e da Turquia. Nesse contexto foi destacada a importância dos esforços empreendidos para organizar o processo de negociações em Astana", informa o comunicado.

    Kremlin também informou que Putin e Erdogan se manifestaram a favor do fortalecimento dos laços no combate ao terrorismo e destacaram que "o cessar-fogo não contempla os grupos terroristas e o Daesh".

    Além disso, segundo o Kremlin, foram discutidos temas da agenda bilateral.

    Mais:

    Ministério da Defesa russo publica lista de grupos armados que aderiram à trégua na Síria
    Putin: Moscou pretende reduzir contingente russo na Síria
    Ancara acusa Washington de desamparo na operação turca na Síria
    'Rússia alcançou seu objetivo na Síria'
    Tags:
    cessar-fogo, Recep Tayyip Erdogan, Vladimir Putin, Turquia, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar