17:44 25 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Bairro destruído em Sirte, Líbia

    Confronto entre tribos na Líbia já deixou 16 mortos e dezenas de feridos

    © AFP 2017/ PHILIPPE DESMAZES
    Oriente Médio e África
    URL curta
    251106

    Milicianos disputam poder desde quando Muammar Kadhafi estava no comando do país.

    Milicianos das tribos Alwad Suleiman e Al Qadafi, apoiadora do ex-ditador Muammar Kadhafi, derrubado do poder em 2011, se enfrentam desde a quinta-feira com artilharia pesada em dois bairros da cidade de Sebha, no sul da Líbia. 16 pessoas já morreram e outras 45 ficaram feridas.

    Autoridades ainda não sabem o que desencadeia o conflito, mas a disputa entre as tribos remonta aos tempos de Kadhafi no poder.

    "A maior parte dos feridos, entre eles várias mulheres e crianças, tiveram que ser transferidos a hospitais de Trípoli e Misrata. Nos combates foram utilizados todo tipo de artilharia pesada. Desde tanques, baterias antiaéreas e canhões de grande calibre", disseram as autoridades.

    Cinco anos depois da queda do ditador, o país passa por sucessivas turbulências políticas. Dois governos, um em Trípoli e outro em Tobruk, lutam para assumir o poder e o controle dos recursos petroleiros do país.


    Mais:

    Primo de Kadhafi explica por que Ocidente invadiu Líbia
    5 anos sem Kadhafi: o 'fenômeno' cuja morte arruinou Líbia
    Rússia não vai permitir repetição do Iraque e da Líbia na Síria
    Exército da Líbia elimina dezenas de terroristas na cidade de Sirte
    Tendência perigosa: Maior parte do Daesh vai fugir da Síria para Líbia até 2017
    Tags:
    Alwad Suleiman, Al Qadafi, Muammar Kadhafi, Misrata, Trípoli, Tobruk, Líbia, Sebha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik