06:44 23 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Lançamento do projeto da usina nuclear Bushehr no Irã

    Analista: Trump pode provocar rompimento de acordo nuclear pelo Irã

    © Sputnik / Valery Melnikov
    Oriente Médio e África
    URL curta
    1418
    Nos siga no

    O presidente eleito dos EUA, Donald Trump, não vai romper o acordo nuclear iraniano, mas ele mesmo, com a ajuda do Congresso, pode provocar que Teerã o faça, diz o diretor do Instituto científico dos EUA e do Canadá, o acadêmico Sergei Rogov.

    "Trump chamou o acordo nuclear com o Irã como o pior da história… Mas ele não pode romper o acordo, pois este acordo foi assinado com a participação de outros países, incluindo o Conselho de Segurança da ONU", disse Rogov.

    "E é claro que nem nós, nem os chineses, nem os três países europeus (Reino Unido, França, Alemanha) concordaremos em romper o acordo sem uma razão", disse Rogov em coletiva de imprensa na agência de notícias Rossiya Segodnya. De acordo com ele, caso Trump queira romper o acordo, a sua decisão "será bem recebida pelo Congresso, mas dificultará as relações com a Europa e a Rússia. Vai ser difícil para Trump tomar tal decisão".

    No entanto, de acordo com o especialista, seria importante a realização de um projeto de lei do Congresso que prolongue por 10 anos as sanções contra o Irã, que Obama prometeu vetar.

    "A lei dele também é apoiada pelos democratas. A aprovação da lei é provável que aconteça. Neste caso, o acordo pode fracassar, pois há uma questão em jogo: por que o Irã deve manter as exigências deste acordo?", disse Rogov.

    Além disso, segundo ele, as eleições serão realizadas em breve, tornando este problema relevante caso "Rouhani sofra derrota".

    "Assim sendo, os Estados Unidos podem provocar o Irã, e Trump pode permitir esta situação. Tais táticas podem funcionar", disse o especialista.

    Mais:

    Especialistas estão preocupados com acordo nuclear entre Índia e Japão
    Rússia suspende acordo de cooperação com EUA na área nuclear
    AIEA: Irã cumpre compromissos assumidos em acordo nuclear com potências internacionais
    Rússia e Egito chegam a acordo sobre construção de central nuclear
    Tags:
    acordo nuclear, Donald Trump, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar