23:09 18 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Bairros leste da cidade de Aleppo, Síria, 2016 (foto de arquivo)

    Médicos são novamente alvos de ataque aéreo na Síria

    © Sputnik / Mikhail Alaeddin
    Oriente Médio e África
    URL curta
    902

    Pelo menos quatro médicos morreram e uma enfermeira ficou ferida após um ataque aéreo nas proximidades de Aleppo, na Síria. O grupo se deslocavam em duas ambulâncias para uma clínica na vila de Khan Touman, que havia solicitado assistência médica e também foi alvo do bombardeio.

    O grupo era ligado à União Internacional de Organizações de Ajuda e Assistência Médica. As instalações da clínica de três andares foram completamente destruídas e novas vítimas ainda podem ser encontradas nos escombros do edifício.

    A cidade de Aleppo tem sido um dos principais palcos do conflito sírio, envolvendo grupos extremistas, forças e aliados do governo sírio e rebeldes da oposição que buscam derrubar o regime de Bashar Assad.

    A população local sofre com a falta de água, eletricidade, alimentos e remédios. No início desta semana, um comboio de ajuda humanitária da ONU foi atacado na região deixando pelo menos 20 pessoas mortas.

    Mais:

    Ministério da Defesa russo inicia transmissões on-line sobre a situação em Aleppo
    FICR esclarece número de vítimas no comboio humanitário atacado em Aleppo
    Frente al-Nusra lança ampla ofensiva contra Exército da Síria em Aleppo
    Tags:
    médicos, ataque aéreo, Aleppo, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik