20:05 18 Junho 2019
Ouvir Rádio
    Lisboa, Portugal

    Especialista: conexão Pequim-Lisboa pode aproximar Brasil da Ásia

    © AFP 2019 / MIGUEL RIOPA
    Análise
    URL curta
    341

    Foi inaugurada hoje uma nova rota aérea entre as capitais de Portugal e China. Essa ligação foi comemorada com entusiasmo pelas autoridades portuguesas, que veem nela grandes oportunidades de sucesso, que pode inclusive acabar beneficiando o Brasil também, como destacou o especialista em aviação Dilson Menezes, da XNG Consultoria e Assessoria.

    A conexão Lisboa-Pequim foi descrita pelo primeiro-ministro de Portugal, António Costa, como uma forma de consolidar o país como um grande hub internacional, para além de África e Brasil. Além dos benefícios óbvios que isso trará para os portugueses principalmente, tanto no setor de turismo como no de negócios, há também outros interessados nessa nova ligação.

    A abertura dessa rota, pela Beijing Capital Airlines, inaugura uma nova via para se chegar a um país que se impõe cada vez mais como grande locomotiva da economia mundial, estabelecendo parcerias ao redor de todo o globo. Com isso, os profundos laços entre brasileiros e portugueses podem funcionar também como um fator de aproximação entre Brasil e China.

    "Eu acho que foi uma iniciativa muito importante, tendo em vista que a TAP [Transportes Aéreos Portugueses] é uma das principais operadoras internacionais aqui no nosso país, com aproximadamente 70 operações semanais e dez localidades distintas. Então, o volume de tráfego de passageiros entre o nosso país e Portugal é enorme. Isso vai dar oportunidade também para explorar novos continentes, que é o caso principalmente desse mercado que vem crescendo muito, o mercado asiático", afirmou em entrevista à Sputnik Brasil Dilson Menezes, diretor da XNG Consultoria e Assessoria em Aviação, acrescentando que essa lógica também serve para ex-colônias portuguesas na África.

    A Beijing Capital Airlines pertence ao grupo Hainan Airlines, que é indiretamente acionista da TAP, através de participação no capital da brasileira Azul, que integra o capital da transportadora aérea portuguesa. Os voos entre Pequim e Lisboa terão duração média de 13 horas e custo mínimo de 300 euros, mais as taxas. 

    "Acho que é uma grande oportunidade não apenas para os portugueses, como também para o Brasil, principalmente, e os países que foram colônias portuguesas localizados na África", reforçou Dilson Menezes.

    Tags:
    XNG Consultoria e Assessoria em Aviação, Beijing Capital Airlines, Hainan Airlines, Azul Linhas Aéreas, TAP, Dilson Menezes, António Costa, Lisboa, Pequim, Portugal, África, China, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar