16:13 27 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo insólito
    URL curta
    0 101
    Nos siga no

    Uma canadense decidiu devolver a Pompeia pedaços de cerâmicas e ânfora e dois azulejos completos furtados devido à "má sorte" que trouxeram à sua vida.

    A turista, que roubou pedaços da cidade antiga de Pompeia há 15 anos, devolveu os artefatos lamentando que "estão amaldiçoados", de acordo com o jornal The Guardian.

    Nicole mandou pacote com dois azulejos, partes de uma ânfora e pedaços de cerâmica para um agente de viagens em Pompeia, no sul da Itália, junto com uma carta de confissão.

    "Por favor, peguem-nos de volta, eles trazem má sorte", escreveu Nicole arrependida.

    Nicole tinha uns 20 anos quando visitou Pompeia em 2005. Depois de 15 anos, a canadense decidiu que o "azar" de sua vida está ligado aos artigos roubados.

    Amuletos, pedras preciosas e elementos decorativos de faiança, bronze, osso e âmbar encontrados durante escavações em Pompeiaa (imagem de referência)
    Amuletos, pedras preciosas e elementos decorativos de faiança, bronze, osso e âmbar encontrados durante escavações em Pompeia (imagem de referência)

    No momento do roubo, a canadense queria ter um pedaço da história que "ninguém poderia ter", mas as relíquias tinham "tanta energia negativa ligada à terra de destruição", que Nicole se viu obrigada a devolvê-las. A canadense pediu "perdão de Deus" na carta.

    "Agora tenho 36 anos e tive dois cânceres de mama. A última vez terminou com mastectomia dupla. Minha família e eu também tivemos problemas financeiros. Somos boas pessoas e não quero passar essa maldição para minha família ou meus filhos."

    Nicole não foi a única pessoa a confessar. No pacote havia outra carta de confissão de um casal da Canadá junto com pedras roubadas de Pompeia em 2005.

    "Pegamos sem pensar na dor e no sofrimento dessas pobres almas que viveram duramente a erupção do Vesúvio e sua morte terrível", escreveu o casal arrependido. "Lamentamos muito, por favor, nos perdoem por ter feito essa escolha terrível. Que suas almas descansem em paz."

    Pompeia ficou coberta de cinza vulcânica depois da erupção catastrófica do monte Vesúvio de 79 d.C. Ao longo dos anos, muitas relíquias roubadas foram devolvidas junto com cartas de confissão. Funcionários do parque até estabeleceram um museu para mostrar os artefatos devolvidos.

    Na maioria das vezes, turistas querem guardar relíquias como lembranças, mas alguns ladrões tentam vender on-line pedaços de Pompeia. Em 2015, um tijolo furtado das ruínas de 1958 foi posto à venda no eBay.

    Mais:

    'Cuidado com o cão!': arqueóloga desvenda segredo de mosaico romano (FOTO)
    Misteriosa Mona Lisa: segredo de Leonardo da Vinci é finalmente desvendado (FOTOS)
    Significado desvendado: mosaico do século IV é crítica à fé cristã, diz arqueólogo (FOTOS)
    Tags:
    vulcão, roubo, Canadá, Itália
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar