22:29 13 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Estátua de bronze de Baphomet,  divindade alada com cabeça de cabra que foi associada ao satanismo e ao ocultismo

    Satanistas da Academia Naval dos EUA solicitam espaço para 'compartilhar crenças'

    © REUTERS / Ted Siefer
    Mundo insólito
    URL curta
    8511
    Nos siga no

    Os aspirantes da prestigiosa Academia Naval dos EUA, sediada em Annapolis, Maryland, que professam a religião do Templo Satânico, terão o direito de se encontrar, mas sob a condição de não realizarem missas satânicas, relata a revista Military Times.

    Um grupo de estudantes "com crenças alinhadas às praticadas pelo Templo Satânico", uma organização oficialmente reconhecida como religião nos Estados Unidos, solicitou que a instituição naval lhes fornecesse um local "onde pudessem se reunir para discutir e compartilhar suas crenças comuns", explicou uma porta-voz da academia, comandante Alana Garas.

    No início de outubro, a administração permitiu reuniões satânicas e divulgou um aviso via e-mail que acabou vazando para a Internet e logo viralizou.

    Especificamente, o e-mail afirma que "a partir de quinta-feira [10 de outubro]", aos estudantes "serão oferecidos serviços satânicos", ou seja, "serviços religiosos satânicos, discussões de filosofia satânica e a história literária de Satanás, todas as quintas-feiras às 19h00".

    A porta-voz da academia disse à mídia que o pedido dos aspirantes da Marinha se dirigia a ter "um espaço de 'grupo de estudo'", em nenhum caso com a intenção de "manter 'serviços satânicos'".

    Alana Garas também explica que os alunos "têm o direito de se encontrar para discutir suas crenças como quiserem", e que dar-lhes essa oportunidade "é uma responsabilidade descrita pelas instruções da Marinha".

    Mais:

    Ministro Marcos Pontes rebate Damares Alves: 'não se deve misturar ciência com religião'
    Religião à beira da loucura: pastor lança cobra em fiéis durante culto (FOTOS)
    VÍDEO mostra suposto OVNI cruzando céu irlandês
    Tags:
    satanismo, religião, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar