23:39 19 Janeiro 2018
Ouvir Rádio
    Uma criança recém-nascida

    ‘Rússia’ nasce em Damasco

    © AFP 2018/ PHILIPPE HUGUEN
    Mundo insólito
    URL curta
    Rússia combate Estado Islâmico na Síria (291)
    11391

    Não só os governos da Rússia e da Síria mostram a solidariedade, gratidão e simpatia, mas também os povos.

    Este fato pode ser provado pelo caso recente na Síria, quando uma criança nascida na capital síria, Damasco, recebeu um nome em honra do país que não permitiu que o terrorismo destrua a sua pátria.

    O pai da Rússia
    © Sputnik/ Khaled Al-Khateb
    O pai da "Rússia"
    Os cidadãos locais divulgaram à Sputnik nesta terça-feira, primeiro dia do inverno no hemisfério Norte, que em resposta à questão “Que nome darão à sua filha?”, os pais disseram “Rússia”.

    Segundo os parentes da criança, é assim que eles querem mostrar o amor e a gratidão ao povo e governo russos pela sua posição em relação à Síria e pela ajuda humanitária que a Rússia não cessou de enviar durante os cinco anos da guerra civil.

    Mais cedo a mídia informou que na Rússia uma recém-nascida recebeu o nome “Síria”. Segundo informação não confirmada o pai dela participa da operação aérea russa contra radicais da Daesh (sigla em árabe do grupo terrorista Estado Islâmico, proibido na Rússia e em uma série de outros países).

    A Síria vive desde 2011 em estado da guerra permanente e, segundo os dados da ONU, já perdeu mais de 230 mil pessoas. As tropas do governo sírio combatem vários grupos rebeldes e organizações militares, bem como grupos terroristas, inclusive o Estado Islâmico e a Frente al-Nusra. 

    Em 30 de setembro, a Força Aeroespacial da Federação da Rússia começou uma operação aérea na Síria contra terrorismo ao pedido oficial do presidente sírio, Bashar Assad.

    Tema:
    Rússia combate Estado Islâmico na Síria (291)
    Tags:
    família, criança, Rússia, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik