03:22 14 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Tropas dos EUA disparam contra atiradores em Mogadíscio, Somália, em 1993

    EUA reabrem missão diplomática na Somália

    © AP Photo / Hansi Krauss
    Mundo
    URL curta
    413

    Os Estados Unidos restabeleceram uma presença diplomática permanente na Somália após quase 28 anos, segundo afirmou a porta-voz do Departamento de Estado norte-americano, Heather Nauert.

    "No dia 2 de dezembro, pela primeira vez desde o fechamento da Embaixada dos EUA em Mogadíscio, em 5 de janeiro de 1991, os Estados Unidos restabeleceram uma presença diplomática permanente na Somália", disse Nauert nesta terça-feira. 

    De acordo com a funcionária da diplomacia americana, a reabertura da embaixada dos EUA no país africano reflete a melhoria da situação política na Somália e indica o compromisso de Washington com o fortalecimento da democracia e do desenvolvimento econômico lá. 

    O embaixador americano na Somália, Donald Yamamoto, deve continuar a sua missão, afirmou Nauert. 

    Os Estados Unidos fecharam sua embaixada na Somália depois que o governo central do país entrou em colapso em 1991 como resultado do conflito com grupos rebeldes armados. Em 2012, a Somália adotou uma constituição provisória e estabeleceu um novo parlamento federal e uma presidência que foram reconhecidos pelos EUA um ano depois.

    Mais:

    Atentado terrorista mata 53 na Somália
    Exportações de carvão da Somália pelo Irã rendem milhões ao Al-Shabaab, diz ONU
    Testemunhas relatam 2 explosões em Mogadíscio, capital da Somália (FOTOS)
    Um soldado dos EUA é morto e outros quatro ficam feridos em ataque terrorista na Somália
    Tags:
    embaixada, Donald Yamamoto, Heather Nauert, Washington, África, Mogadíscio, Estados Unidos, EUA, Somália
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik