11:24 23 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Militares americanos e rebeldes do Maghaweer al-Thawra, apoiado pelos EUA, em Al Tanf, no sul da Síria

    'EUA querem desmembrar a Síria criando força de segurança fronteiriça', diz senador russo

    © AP Photo / Hammurabi's Justice News
    Mundo
    URL curta
    4311

    A tentativa dos EUA de criar as chamadas "força de segurança" na Síria tem como objetivo desmembrar um país, cuja unidade não interessa a Washington. Quem afirma é o senador russo, Aleksei Pushkov.

    De acordo com uma publicação do Defense Post, a coalizão liderada pelos Estados Unidos para combater o terrorismo na Síria estaria criando no país as chamadas Forças de Segurança da Fronteira em territórios controlados pelo Daesh (Estado Islâmico). 

    "A tentativa dos EUA de criar as 'forças de segurança' sob sua égide no norte da Síria com um total de 30 mil pessoas é um caminho para um desmembramento do país", declarou Pushkov em uma publicação na sua conta do Twitter. 

    Segundo o representante oficial da coalizão, citado pela publicação, a coalizão trabalha em conjunto com as Forças Democráticas da Síria para criar e treinar novas forças de segurança na fronteira do país árabe. Atualmente, cerca de 230 pessoas são treinadas com o objetivo final de criar uma força de cerca de 30 mil pessoas.

    Mais:

    Turquia condena planos dos EUA para criar 'força de segurança fronteiriça' na Síria
    Ancara: EUA estão legitimando organizações terroristas na Síria
    EUA treinam curdos na Síria e irritam Turquia
    'Ataque de drones contra bases russas na Síria é sinal muito perigoso para todo o mundo'
    Tags:
    fronteiras, forças de segurança, coalizão internacional, Aleksei Pushkov, Rússia, Síria, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar