03:25 28 Maio 2018
Ouvir Rádio
    As bandeiras estreladas que simbolizam independência da Catalunha durante os protestos de setembro de 2014, Barcelona, Espanha

    Partido Cidadãos ganha eleições na Catalunha, mas bloco pró-independência garante maioria

    © AP Photo / Emilio Morenatti
    Mundo
    URL curta
    652

    Os partidos pró-independência tiveram a maioria absoluta com um total de 70 das 135 cadeiras disputada nas eleições, de acordo com dados oficiais de 95% dos votos contados.

    No entanto, foi o partido pró-sindicalista Cidadãos que foi o mais votado, liderando a alternativa sindicalista com 36 assentos.

    No bloco pró-independência, os resultados contabilizados dão 34 deputados ao Juntos pela Catalunha, do ex-presidente catalão Carles Puigdemont; 32 para Esquerda Republicana da Catalunha (Esquerra Republicana) e 4 para a Candidatura da Unidade Popular (CUP). 

    Em outubro, os catalães votaram pela separação da Espanha e declararam a Catalunha um estado soberano. Madri respondeu com força decisiva ao declarar o referendo regional ilegal, dissolvendo o parlamento regional separatista, prendendo a maioria dos líderes pró-independência da Catalunha e empurrando o presidente Carles Puigdemont a fugir da nação, além de pedir uma eleição antecipada para dezembro.

    Foi registrada uma participação recorde de quase 82% nas eleições antecipadas para o Parlamento da Catalunha. Na última eleição de 2015, a participação foi de 77%.

    Mais:

    Eleições na Catalunha: partidos pró-independência devem manter maioria na parlamento
    Eleições na Catalunha: ativistas pró-independência farão contagem de votos alternativa
    Partidos pró-independência podem não formar maioria nas eleições da Catalunha
    Tags:
    independência, separatismo, eleições, Carles Puigdemont, Espanha, Catalunha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik