18:59 15 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    481
    Nos siga no

    A cidade síria de Raqqa, considerada como a principal fortaleza dos militantes do Daesh (Estado Islâmico) foi completamente libertada dos terroristas. A informação foi diuvlgada pela emissoria Al Arabiya nesta sexta-feira (13).

    De acordo com uma fonte citada pela emissora Al Arabiya, o restante dos militantes entregaram as armas e se renderam às Forças Democráticas da Síria (FDS).

    Na última sexta-feira, o Ministério da Defesa russo havia informado que os militantes controlam menos de oito por cento do território sírio. Já o Estado Maior russo também declarou anteriormente que a guerra na Síria havia terminado na prática. 

    A cidade síria de Raqqa estava nas mãos do Daesh desde 2013, sendo considerada a capital não oficial dos terroristas. Em 2016, a coalizão declarou o início da operação de libertação da cidade. Há meses a cidade é palco de combates que visam cercá-la para dar um fim ao domínio dos terroristas na importante zona síria.

    Em terra, a ofensiva vem sendo realizada pelas Forças Democráticas da Síria, compostas na maioria pelas tropas curdas e apoiadas pela aviação e pelas forças especiais dos EUA.

    Mais:

    Chancelaria russa: erros de Washington provocaram catástrofe humanitária em Raqqa
    84 civis em 2 ataques: coalizão liderada pelos EUA causa mais vítimas perto de Raqqa
    Coalizão dos EUA deixou de bombardear região de Deir ez-Zor, mas continua em Raqqa
    Tags:
    terroristas, terrorismo, Forças Democráticas Sírias (SDF), Estado Islâmico, Daesh, Al-Arabiya, Raqqa, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar