14:20 15 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    405
    Nos siga no

    As autoridades ucranianas entregaram aos EUA uma lista de armas que elas queriam receber.

    Isso comunica a edição on-line Ukrainskaya Pravda com referência ao chefe do Estado-Maior Viktor Muzhenko.

    Kiev pediu a Washington meios de reconhecimento aéreo, armas antitanque e sistemas de guerra eletrônica.

    As conversações sobre o tema já se realizaram, agora é necessário esperar pela decisão política de Washington, adicionou o chefe do Estado-Maior.

    Os jornalistas perguntaram a Muzhenko se alguma coisa pode impedir a recepção da ajuda militar de Washington. Em resposta, ele notou que, segundo algumas suposições, as explosões recentes dos armazéns de armamento perto de Vinnitsa visavam impedir os fornecimentos dos EUA.

    Em setembro, o presidente ucraniano Pyotr Poroshenko disse que o Senado norte-americano destinou a Kiev 500 milhões de dólares para a defesa e segurança. Segundo ele, o projeto de lei prevê os fornecimentos a Kiev de "armas letais de caráter defensivo". Contudo, os EUA nunca confirmaram oficialmente as suas palavras, e na lei do orçamento para 2018, aprovada pelo Senado, destinaram a Kiev 150 milhões de dólares.

    Após o encontro com Trump, Poroshenko disse que não se trata de armas letais e que Kiev só vai receber as armas defensivas.

    As autoridades de Kiev procuraram em vão obter fornecimentos de armas letais dos EUA durante os últimos 3 anos. Agora Washington presta ajuda militar à Ucrânia, mas oficialmente ela só consiste de equipamentos, uniformes e treinamento dos soldados da Guarda Nacional.

    Rússia advertiu muitas vezes contra os planos de fornecimento de armas à Ucrânia, porque isso só aumentará as tensões em Donbass. A maioria dos políticos europeus pronunciaram-se contra os fornecimentos de armas a Kiev.

    Mais:

    Para Donetsk, ajuda militar norte-americana incentivará agressão de Kiev em Donbass
    Kremlin comenta futuras entregas de armas letais à Ucrânia
    Era de se esperar: Senado dos EUA aprova futuras entregas de armas letais a Kiev
    Tags:
    reconhecimento, segurança, armazém, armas letais, Pyotr Poroshenko, Donald Trump
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar