03:43 05 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    21110
    Nos siga no

    Os líderes do Quarteto da Normandia fizeram um apelo nesta segunda-feira (24) para que as violações do cessar-fogo em Donbass, no leste ucraniano, acabem imediatamente.

    Além disso, em comunicado conjunto, Alemanha e França apresentaram uma lista de regiões de Donbass onde deve ser realizada a retirada das forças prioritária. 

    Os presidentes da Rússia, Vladimir Putin, da França, Emmanuel Macron e da Ucrânia, Pyotr Poroshenko, e a primeira-ministra da Alemanha, Angela Merkel, trocaram opiniões relativas à situação no sudeste da Ucrânia e avaliaram os problemas na realização dos acordos de Minsk, informou nesta segunda-feira o Kremlin.

    As conversações entre os líderes do Quarteto da Normandia, realizadas por telefone, duraram mais de 3 horas.

    O formato do Quarteto da Normandia foi criado em junho de 2014, após o início do conflito militar no leste da Ucrânia. Rússia, Ucrânia, França e Alemanha combinaram seus esforços para resolver o conflito. Em 2015, os mediadores conseguiram negociar um acordo de cessar-fogo entre os lados conflitantes durante as negociações na capital bielorrussa de Minsk. Os chamados Acordos de Minsk, no entanto, foram repetidamente violados desde então, com ambos os lados acusando-se de violações da trégua.

    Mais:

    Enviado especial americano visita Donbass e descobre que a zona está em guerra
    Ucrânia apresenta provas da 'participação russa' da guerra em Donbass
    Malorossiya, o polêmico sonho de Donbass
    Poroshenko descarta possibilidade de novo Estado e promete recuperar Donbass e Crimeia
    Kiev admite não possuir prova alguma da presença militar russa em Donbass
    Tags:
    conflito, cessar-fogo, Quarteto da Normandia, Angela Merkel, Emmanuel Macron, Vladimir Putin, Pyotr Poroshenko, Donbass, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar