19:41 19 Novembro 2017
Ouvir Rádio
    Encontro dos líderes do Quarteto da Normandia em Berlim, Alemanha, 19 de outubro de 2016

    Quarteto da Normandia tratará de crise na Ucrânia por teleconferência amanhã

    © Sputnik/ Mikhail Klimentyev
    Rússia
    URL curta
    659540

    A data do telefonema foi oficialmente confirmada no decorrer da semana anterior. No sábado, o Palácio do Elysee emitiu o cronograma do presidente francês, Emmanuel Macron, que marcou a chamada.

    "Às 11 horas [6 da manhã no Brasil] será realizada a teleconferência no formato da Normandia com o presidente da Ucrânia, Pyotr Poroshenko, o presidente russo Vladimir Putin, a chanceler alemã Angela Merkel", informou a presidência francesa em um comunicado.

    No início de julho, o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse que Putin, Macron e Merkel discutiram a agenda congelada para a implementação dos Acordos de Minsk durante a Cúpula do G20. Os presidentes concordaram em retomar as conversas telefônicas no formato.

    A última conversa entre os quatro líderes da Normandia ocorreu em abril e centrou-se no intercâmbio de presos, na observação do regime de cessar-fogo e na necessidade de se  cumprir os Acordos de Minsk.

    O formato do Quarteto foi criado em junho de 2014, após o início do conflito militar no leste da Ucrânia. Rússia, Ucrânia, França e Alemanha combinaram seus esforços para resolver o conflito. Em 2015, os mediadores conseguiram negociar um acordo de cessar-fogo entre os lados conflitantes durante as negociações na capital bielorrussa de Minsk. Os chamados Acordos de Minsk, no entanto, foram repetidamente violados desde então, com ambos os lados acusando-se de violações da trégua.

    Mais:

    Quarteto da Normandia concorda com eleições locais em Donbass
    Moscou espera avanços na questão ucraniana após cúpula do Quarteto da Normandia
    Rússia insiste na participação de Donetsk e Lugansk na reunião do 'Quarteto da Normandia'
    Tags:
    Acordos de Minsk, Cúpula do G20, Kremlin, Quarteto da Normandia, Angela Merkel, Vladimir Putin, Pyotr Poroshenko, Emmanuel Macron, Bielorrússia, Minsk, Alemanha, França, República Popular de Lugansk, Donetsk, Rússia, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik