14:59 30 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    660
    Nos siga no

    O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, explicou em conversa com o líder russo, Vladimir Putin, os esforços que estão sendo feitos pelo seu governo para solucionar a grave crise que afeta o país, segundo informou o serviço de imprensa do Kremlin nesta segunda-feira.

    "Maduro contou sobre os esforços feitos pelo governo venezuelano para normalizar a situação política interna", diz a nota divulgada após uma conversa telefônica realizada entre os dois chefes de Estado. 

    A Venezuela vive uma profunda instabilidade política e econômica que vem sendo motivo de violentas manifestações contra e a favor do governo de Maduro, acusado pela oposição de violar direitos para se manter no poder. Os confrontos, que já provocaram dezenas de mortes no país, se intensificaram depois que o Tribunal Superior venezuelano decidiu restringir os poderes da Assembleia Nacional, no final de março. Na ocasião, a Justiça disse que o parlamento estaria em situação de desacato e que, por isso, assumiria a função do legislativo. A medida, no entanto, foi revogada dias depois, a pedido do próprio presidente. 

    A oposição venezuelana exige a libertação de supostos presos políticos, a renúncia de juízes da corte suprema e a antecipação da eleição presidencial — marcada para dezembro de 2018 —, entre outras reivindicações. 

    Mais:

    Multidão atacou o Congresso da Venezuela
    Número de vítimas mortais durante manifestações na Venezuela sobe para 91
    Papa Francisco pede fim da violência na Venezuela e 'solução democrática' para crise
    Maduro denuncia ataque com granada contra a Suprema Corte da Venezuela
    Tags:
    crise, protestos, Vladimir Putin, Nicolás Maduro, Rússia, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar