11:14 24 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Soldado do Exército da Coreia do Norte

    Coreia do Norte diz que 'Guerra Total' pode começar se EUA recorrem à ação militar

    © AP Photo / Wong Maye-E, File
    Mundo
    URL curta
    Tensão sem precedentes entre Coreia do Norte e EUA (186)
    63281

    Coreia do Norte não se intimida e diz que continuará testes de mísseis, apesar da tensão com Washington e da pressão da comunidade internacional.

    O vice-ministro das Relações Exteriores da Coreia do Norte, Han Song Ryol, declarou nesta segunda-feira (17) que Pyongyang continuará realizando testes de mísseis, apesar das críticas da comunidade internacional e do aumento de tensão com Washington.  

    "Nós estaremos realizando mais testes de mísseis em uma base semanal, mensal e anual", disse o vice-ministro à BBC. 

    Han acrescentou que no caso dos Estados Unidos recorrerem à ação militar, uma "guerra total" começaria.

    Mais cedo, nesta segunda-feira, o vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, pediu à Coréia do Norte "não testar" a paciência de Washington após os recentes ataques militares dos EUA contra forças inimigas no Afeganistão e na Síria.

    No domingo, Pyongyang tentou lançar um míssil balístico que explodiu em segundos depois de ter decolado, de acordo com autoridades de defesa dos EUA e da Coreia do Sul.

    Tema:
    Tensão sem precedentes entre Coreia do Norte e EUA (186)

    Mais:

    Medo de guerra na Coreia faz Brasil manter plano de fuga de embaixada, diz jornal
    Departamento de Estado: 'Trump não vai mais tolerar ameaças da Coreia do Norte a aliados'
    EUA deixaram o mundo à beira de uma guerra nuclear, diz embaixador da Coreia do Norte
    Tags:
    testes de mísseis, tensão, ameaça, guerra, BBC, Coreia do Norte, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar