00:14 14 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    991
    Nos siga no

    O chefe do Estado-Maior Conjunto dos EUA se reunirá com o chefe do Estado-Maior das Forças Armadas da Rússia na quinta-feira (16), segundo informou o Pentágono.

    O encontro, que acontecerá na ex-república soviética do Azerbaijão, ocorrerá em meio às acusações de que assessores do presidente norte-americano Donald Trump teriam mantido contato com a inteligência russa durante a campanha presidencial dos EUA.

    No entanto, os Estados Unidos insistiram nesta quarta-feira (15) que a reunião entre o general Joe Dunford e o chefe do Estado-Maior das Forças Armadas russas, general Valery Gerasimov, não será de natureza política e foi planejada há meses.

    Os dois falarão sobre os laços militares entre os EUA e a Rússia e "a importância de uma comunicação militar-militar consistente e clara para evitar erros de cálculo e potenciais crises", segundo disse o Pentágono.

    A reunião acontecerá em meio a uma crise deflagrada em Washington após a renúncia do conselheiro de segurança nacional Michael Flynn, que foi motivada por revelações de que o assessor não teria informado completamente a Casa Branca acerca das conversações que teve com o embaixador russo sobre as sanções dos EUA contra Moscou antes que Trump assumisse a presidência em janeiro.

    Flynn era uma das principais vozes na nova administração norte-americana a favor de uma reaproximação entre os EUA e a Rússia.

    No ano passado, o general Dunford disse que estava ansioso para se encontrar com Gerasimov. 

    Mais:

    Wikileaks: Flynn renunciou por pressão dos serviços secretos, dos democratas e da imprensa
    O que pode estar por trás da demissão do conselheiro de Segurança Michael Flynn?
    Fatos nulos: senador russo comenta artigo da mídia sobre contatos entre Trump e Rússia
    Tags:
    chefe militar, general, renúncia, encontro, reunião, sanções, Estado-Maior Conjunto, Joseph Dunford, Michael Flynn, Donald Trump, Valery Gerasimov, Azerbaijão, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar