03:12 19 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Presidente Donald Trump assina as suas três primeiras ordens executivas na Casa Branca, em Washington, 23 de janeiro 2017

    Trump suspende programa de acolhimento de refugiados sírios nos EUA

    © AP Photo / Evan Vucci
    Mundo
    URL curta
    1781
    Nos siga no

    O presidente dos EUA, Donald Trump, assinou uma ordem executiva nesta sexta-feira (27) suspendendo o recebimento de refugiados sírios nos EUA por 120 dias.

    De acordo com o texto da ordem executiva, os EUA não receberão mais do que 50 mil refugiados da Síria em 2017. 

    "A entrada de cidadãos da Síria como refugiados é prejudicial aos interesses dos Estados Unidos", diz a ordem executiva do presidente Donald Trump.

    "Toda a entrada de pessoas da Síria está suspensa até o momento que Trump determinar que 'mudanças suficientes foram feitas' no Programa de Admissões de Refugiados dos EUA", diz o documento. 

    Donald assina ordem para construção de muro com México
    © AP Photo / Pablo Martinez Monsivais
    A suspensão do acolhimento acontece pelo menos durante os próximos 120 dias, período em que nenhum refugiado da Síria será permitido nos EUA. Segundo a ordem executiva, após o período de quatro meses, as reivindicações de refugiados serão priorizadas de acordo com o nível de perseguição religiosa de grupos minoritários.

    A ordem indica também que os governos estaduais e locais devem ser ouvidos para decidir onde os refugiados podem se instalar, conforme permitido pelo quadro legal atual. O documento não menciona "zonas seguras" na Síria.

    Além disso, o programa de isenção de vistos para refugiados foi suspenso de forma imediata e e por tempo indefinido.

    Trump tem afirmado repetidamente que seu objetivo número um é proteger as vidas americanas e tornar a "América segura novamente".

    Mais:

    McCain promete atrapalhar Trump no processo de eliminar sanções contra Rússia
    Trump assina ordem executiva para reconstruir Forças Armadas dos EUA
    Secretário de Defesa dos EUA terá palavra final sobre uso de tortura, diz Trump
    Tags:
    decreto, imigrantes, segurança nacional, ordem executiva, refugiados, Donald Trump, Síria, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar