03:38 22 Fevereiro 2018
Ouvir Rádio
    Presidente da Rússia, Vladímir Putin, e presidente de Bolívia, Evo Morales

    Bolívia comemora cooperação com a Rússia e espera visita de Putin em 2017

    © Sputnik/ Aleksey Nikolsky
    Mundo
    URL curta
    11162

    O presidente da Rússia, Vladimir Putin, visitará Bolívia no próximo ano, anunciou em Doha o ministro boliviano de Hidrocarbonetos, Luis Sánchez, que participa da reunião ministerial do Fórum de Países Exportadores de Gás (GECF).

    O ministro da Energia russo Aleksandr Novak "nós disse que o presidente Putin participou das edições anteriores do GECF e considera que o quarto fórum (a ser realizado na Bolívia) não será exceção, ainda mais quando a presidência do fórum poderá ser da Rússia", disse Sánchez, segundo nota divulgada pelo seu ministério.

    De acordo com o texto, Novak também demonstrou o interesse em visitar a Bolívia e a continuar a cooperação com o governo de Evo Morales na área de gás e petróleo.

    "Analisamos todas as áreas de cooperação entre os nossos países: com Rosatom na área nuclear e com a Gazprom nos setor de gás e de petróleo. E agora estamos começando trabalhar com a Rostec em projeto de lítio”, comemorou Sánchez.

    O governo boliviano vem destacando a importância dos investimentos de Moscou e a presença no país de grandes empresas russas do setor de energia.

    Mais:

    Bolívia convida Rússia para prospecção conjunta de gás
    Rússia e Bolívia acordam cooperação militar
    Rússia expressa vontade de construir primeira usina nuclear na Bolívia
    ‘EUA levam a cabo guerra geopolítica contra China e Rússia na Bolívia’
    Rússia e Bolívia assinaram acordo para criação de Centro de Pesquisa Nuclear
    Tags:
    cooperação bilateral, energia, GECF, Rostec, Rosatom, Gazprom, Luis Sánchez, Alexander Novak, Evo Morales, Vladimir Putin, Bolívia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik