10:13 25 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Canal russo de TV Russia Today

    Lavrov chamou de inadmissível o incidente com jornalista da RT durante briefing de Kirby

    © Sputnik / Mikhail Voskresensky
    Mundo
    URL curta
    4111

    O ministro das Relações Exteriores, Sergei Lavrov, chamou de inadmissível o incidente com a jornalista da RT, ocorrido durante o briefing do porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, John Kirby.

    “Maria Zakharova já expressou tudo o que pensamos sobre o caso. Isso é inadmissível. Na minha opinião, isso não reflete os valores americano e espero que esta não seja uma posição do secretário de Estado. Não passarei a condenar o senhor Kirby todos os dias. Acredito que os chefes do senhor Kirby devem tratar disso. Eles responderão pelo que ele fez e pelo modo como ele realiza o seu trabalho”, disse Lavrov aos jornalistas após reunião com o secretário de Estado dos EUA, John Kerry, em Lima, no Peru.

    No entanto, segundo as declarações do chefe da diplomacia norte-americana, o incidente não foi abordado durante a reunião com Lavrov. “Não, não conversamos sobre isso”, afirmou Kerry, ao responder as perguntas dos jornalistas. 

    O porta-voz do Departamento de Estado, John Kirby, durante o seu último briefing, perdeu a paciência depois da jornalista da RT ter solicitado que este especificasse as organizações que informaram Washington sobre supostos ataques das forças aéreas russas à cinco hospitais em Aleppo, na Síria. Kirby, denotando bastante nervosismo, se recusou a responder e disse para a jornalista perguntar isso para o governo russo.

    O porta-voz do ministério da Defesa da Rússia, Igor Konashenkov, comentou o caso e declarou que a retórica pública do Departamento de Estado dos EUA sobre a situação na síria é fundamentada em mentiras.

    O ministério da Defesa da Rússia lembrou que as forças aéreas russas não realizam há 29 dias ataques em Aleppo.

    Enquanto isso, a coalizão internacional, liderada pelos EUA, desde 2014, realiza ataques aéreos contra o Daesh no território da Síria, sem autorização de Damasco.

    Mais:

    Todas as contas do canal RT bloqueadas no Reino Unido
    Zakharova destaca avanço de RT na guerra midiática global
    Ex-embaixador de EUA na Rússia: Ocidente subestima Sputnik e RT
    Trump detona política externa dos EUA em entrevista à RT
    RT continuará presente na Argentina
    Tags:
    RT, John Kirby, Sergei Lavrov, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar