15:32 23 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    O encontro de Putin e Obama, 28 de setembro de 2016

    Putin: 'EUA e seus aliados são os principais responsáveis pela situação na Síria'

    © Sputnik / Sergei Guneev/POOL
    Mundo
    URL curta
    1291

    O presidente russo Vladimir Putin fez duras críticas aos EUA em entrevista a uma emissora francesa de televisão nesta quarta-feira (12).

    Os Estados Unidos e seus aliados são em geral os principais responsáveis pela situação na Síria, enquanto as acusações em relação à Rússia são "retórica política". É o que afirma o presidente russo, Vladimir Putin, em entrevista ao canal francês TF-1.

    "Eu diria que isto é retórica política que não tem nenhum bom senso e que não está levando a situação real em consideração", disse Putin, comentando o fato de o Ocidente acusar a Rússia de bombardear Aleppo.

    “Estou profundamente convencido de que a responsabilidade pela situação na região como um todo e na Síria em particular recai sobre os nossos parceiros ocidentais, principalmente, claro, os Estados Unidos e seus aliados ", reiterou o presidente russo.

    Ao falar sobre o ataque ao comboio de ajuda humanitária em Aleppo, no último dia 19 de setembro, Putin disse que a Rússia estava pronta para garantir a segurança dos comboios que iam para a cidade pela estrada de Castello em conjunto com os militares dos EUA, mas que Washington recusou a proposta.

    "Recebemos uma proposta para que nossas forças armadas, os militares do exército russo, ficassem nesta estrada e garantissem a segurança… Eu disse que não, vamos fazê-lo, mas apenas com os EUA, vamos oferecer isso a eles. Eles se recusaram de imediato, eles não querem ficar [lá], eles não querem fazer suas unidades militares recuarem destes grupos de oposição terroristas", contou o presidente russo.

    Mais:

    Lavrov: 'Ridículo' acreditar que a Rússia interfere nas eleições dos EUA
    Atitude de Washington sobre Frente al-Nusra levanta sérias suspeitas - Lavrov
    Lavrov: Acusação sobre ataque russo a comboio humanitário em Aleppo é 'politicagem'
    Tags:
    entrevista, TF-1, Vladimir Putin, Síria, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik