Kerry diz que ações da Rússia pedem investigação de crimes de guerra em Aleppo

© REUTERS / Darren OrnitzSecretário de Estado dos EUA, John Kerry
Secretário de Estado dos EUA, John Kerry - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, declarou que a ininterrupta violência na cidade síria de Aleppo demanda um investigação de crimes de guerra.

O chefe da diplomacia dos EUA se reuniu nesta sexta-feira (7) com ministro das Relações Exteriores da França, Jean-Marc Ayrault. 

"Os atos da Rússia na Síria que pedem uma investigação apropriada sobre crimes de guerra, e aqueles que cometem estes crimes devem ser responsabilizados por essas ações", declarou Kerry. 

Os ataques aéreos sírios, apoiados pela Rússia, têm como alvo posições de grupos jihadistas que tomaram o controle do leste de Aleppo. Moscou afirma que estes grupos têm repetidamente violado o cessar-fogo na região.    

O ministro de Relações Exteriores russo Sergei Lavrov durante o encontro com a Federação Mundial de Câmaras Comerciais, Moscou, Rússia, 22 de junho de 2016 - Sputnik Brasil
Rússia pode permitir que al-Nusra deixe Aleppo com armas na mão
O secretário de Estado afirmou também que discutiu seriamente com o chanceler francês uma resposta conjunta dos EUA e da França para a situação em Aleppo.

Washington suspendeu os contatos bilaterais com Moscou sobre a crise síria na última segunda-feira, acusando a Rússia de não fazer o suficiente para conter a violência do governo de Damasco. 

A diplomacia russa, por sua vez, afirmou que a Rússia realizou todos os esforços para preservar o acordo de cessar-fogo, enquanto apelou repetidamente a Washington para cumprir com suas obrigações de separar a chamada "oposição moderada" dos combatentes da Frente al-Nusra e outros terroristas. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала