01:54 21 Fevereiro 2018
Ouvir Rádio
    Crimeia comemora a reunificação com a Rússia

    'Ocidente mudará de postura em relação à Crimeia em 2-3 anos', diz diplomata

    © Sputnik/ Vasily Batanov
    Mundo
    URL curta
    0 120

    A postura dos países ocidentais sobre o reconhecimento da Crimeia como parte da Rússia se modificará nos próximos dois ou três anos. A declaração é do representante permanente da república no Kremlin, Gueorgui Muradov.

    "Chegará ao poder gente mais racional, nos próximos dois ou três anos a paisagem política se modificará com o reconhecimento do direito do povo da Crimeia para a livre determinação", disse ele. 

    Anteriormente, o chefe da república russa da Crimeia, Sergei Aksionov, havia pedido aos líderes dos países ocidentais o reconhecimento com maior rapidez dos resultados do referendo já que seria benéfico para todos. 

    "A nível diplomático já existe compreensão de que em breve deve terminar esse regime", disse Muradov. 

    A Crimeia e a região de Sebastopol (cidade que possui um estatuto especial) foram integradas à Federação da Rússia em março 2014 após um referendo em que 96,77% dos habitantes da Crimeia e 95,6% dos habitantes de Sebastopol votaram a favor da reunificação.

    A diplomacia russa alega que a consulta popular realizada na Crimeia está em plena correspondência com o direito internacional e a Carta da ONU. 

    Mais:

    Deputado francês aconselha comunidade internacional a reconhecer Crimeia
    Crimeia declara fim do bloqueio internacional da península
    Trump: Cidadãos da Crimeia querem estar com Rússia, e não com Ucrânia
    Rússia instala mísseis S-400 na Crimeia
    Autoridades da Crimeia denunciam campos de treinamento de adeptos do Daesh na Ucrânia
    Tags:
    reunificação, Sebastopol, Crimeia, Ocidente, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik