17:09 02 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    462
    Nos siga no

    Embora a Segunda Guerra Mundial tenha terminado há 70 anos, suas memórias amargas ainda se fazem sentir nos países então ocupados pela Alemanha.

    Durante a guerra, milhares de minas foram colocadas ao longo da costa norueguesa. Mas só agora, daqui a duas semanas, navios da OTAN farão uma operação de desminagem junto da costa norte do país.

    Segundo os dados, cerca de 15 mil minas ainda podem estar escondidas nas profundezas das águas norueguesas.

    Vale notar que as minas foram colocadas tanto pelas potências do Eixo, como pelos aliados.

    "Realmente, lá tem grande quantidade de explosivos e para isso nós precisamos elaborar um plano abrangente de sua retirada, é aqui que a força da OTAN vai atuar", informou à rádio pública norueguesa NRK Are Olberg, comandante e oficial de ligação das forças armadas da Noruega.

    De acordo com ele, os locais minados tinham sido mencionados em crónicas da guerra e anotações de testemunhas.

    ​Depois de uma mina ser encontrada, um pequeno submarino será enviado para captar imagens. Após isso, mergulhadores irão submergir, instalar um explosivo e detoná-la a uma distância segura.

    A manobra respetiva, que terá duas semanas de duração, foi iniciada nesta segunda-feira de manhã no porto de Hammerfest, situado a sul do Cabo Norte. Concluída a operação, os navios chegarão ao porto de Trondheim onde prosseguirão com buscas ao longo da costa marítima da Noruega.

    De acordo com as estimativas, cerca de 200 mil toneladas métricas de explosivos ainda estão nas águas norueguesas, o que gera riscos para o ser humano e natureza. Desses explosivos 80% de podem estar no solo marinho.

    As forças norueguesas realizam 250-350 operações deste tipo anualmente.

    Retornando à história, em abril de 1940 as tropas da Alemanha invadiram a Noruega, então um país escandinavo neutral, colocando lá 300 mil soldados, enquanto que a população do país naquela altura tinha apenas três milhões de habitantes. A resistência armada terminou em julho do mesmo ano, mas a Noruega continuou sob controle da Alemanha até à capitulação das forças alemãs na Europa em 1945.

    Mais:

    A todo o custo: Noruega paga caro por neutralidade de carbono
    Noruega pensa em proibir veículos a gasolina
    Tags:
    desminagem, explosivos, minas, manobra, Segunda Guerra Mundial, OTAN, Noruega, Europa, Alemanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar